Usuário:
 
  Senha:
 
 

Jayme Caetano Braun:
Negrinho do Pastoreio

 

26/09/2009 13:36:01
NÃO ESQUEÇA DE MIM
............................................................................

 

Certa feita um vivente pegou o cavalo e foi para uma pescaria; e não podia faltar o seu cachorro, chamado Faísca. Chegando no pesqueiro, preparou as linhas e as jogou na água. Logo em seguida preparou o fogo, espetou a carne e ficou só na espera. O Faísca ficou na volta, farejando tudo o que tinha direito.    

E quando chegou perto do xiru, deu uma olhada na carne e falou: - Vê se desta vez deixa um pedaço de carne pra mim! Ultimamente tu só tem deixado osso, tchê! Bah! O gaúcho montou no cavalo e saiu numa dispara bárbara. Lá pelas tantas chegou numa porteira.  

Quando colocou o pé no chão, ao apear, o cavalo do índio velho deu uma olhada para o bagual e falou: - Que baita susto aquele guaipeca nos deu, né vivente?

............................................................................
  Autor: Luís Mar Gomes Azevedo
Causo enviado Por: Luís Mar Gomes Azevedo - Rosário do Sul / RS
  Observações:

 
Nome:
Cidade:
Estado:
 
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
15/06/2010 21:49:33 antonio azevedo - ubirata / PR - Brasil
Gostei muito. Parabéns!
Sítio: *****
16/10/2009 22:49:34 luis mar gomes azevedo - rosario do sul / RS - Brasil
Agradeço a atenção que foi dada, pela Bombacha Larga. Ficou lindo o cão e o cavalo, amigos do homem nas camperiadas; me incentivou a enviar outros causos.
Sítio: *****
Untitled Document