Usuário:
 
  Senha:
 
 

Pena Branca e Xavantinho:
Caipora

 

31/10/2005 19:09:45
DIA DAS BRUXAS: MAIS UMA FORMA GLOBALIZADA DE EXPLORAÇÃO!
 
Currupira ou Caipora:
o mito que protege a fauna e a flora do Brasil!
............................................................................

O Dia das Bruxas, ou Halloween, como impropriamente é chamada essa festa importada aqui no Brasil, tão propagada hoje em nosso país, continua a ser explorado em nossa sociedade, em atendimento aos interesses dos comerciantes de abóboras, máscaras e de uma infinidade de materiais importados e em nada representativos da cultura brasileira. Mas, enquanto alguns do lado de cá e outros do lado de lá ganham com o lucro resultante desse globalizado comércio, a imensa maioria dos brasileiros continua a perder o vínculo com aquilo que é verdadeiramente seu: a cultura nacional de seu país, de sua região. No entanto, para fazer frente a essa interesseira forma de globalização, algumas comunidades já começam a reagir, aproveitando para comemorar no dia 31 de outubro o Dia do Saci Pererê. Realmente, razão alguma há para que venhamos a abraçar culturas estranhas, sem fronterias, a não ser para o fim de enriquecer aos de lá, enquanto os pais de família assalariados daqui sofrem com essa tremenda pressão exercida, especialmente nas escolas, sobre os seus influenciados filhos, as maiores vítimas dessa criminosa invasão. E enquanto essas importações impostas invadem o nosso território, o explorado povo brasileiro, de Norte a Sulvai se esquecendo de seus próprios mitosA figura do Saci Pererê, com raízes indígenas, embora diminuída diante dessas invasões culturais alienígenas, continua viva no folclore brasileiro. No mesmo sentido o mito Currupira, ou Caipora, tido como o protetor da natureza de nosso país. Vivo no nosso imaginário popular, ele continua a cuidar da vulnerável fauna e da suplicante flora de um Brasil ainda por demais carente de medidas efetivas nas questões relacionadas à proteção ambiental. Este é, igualmente, um personagem capaz de substituir a esse famigerado e importado Dia das Bruxas. Porém, tanto o Saci como o Caipora não poderiam ostentar cachimbo, por ser este um ato politicamente incorreto nos dias atuais. O Currupira, como o negrinho arteiro, é uma entidade mítica de idealização folclórica com procedência indígena. Na língua tupi-guarani significa corpo de menino (curu = corruptela de curumim + pira = corpo). Famoso por despistar caçadores com falsos rastros, deixados pelos seus pés dispostos no sentido contrário, seria o Currupira, ou Caipora, portanto, uma ótima opção para substituir a data prevista no calendário brasileiro como o Dia das Bruxas. Além de estarmos valorizando o que é nosso, estaríamos, dessa forma, acabando com essa verdadeira excrescência de considerar-se o Dia das Bruxas como uma Festa Brasileira, a tal ponto de a mesma fazer-se constar no calendário nacional. Na verdade, esse Dia das Bruxas é apenas mais uma dessas formas globalizadas e sem fronteiras de exploraçãoque só servem para impingir incalculáveis prejuízos à riqueza cultural popular brasileira, ao patrimônio deste nosso verde-amarelo Brasil!

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
31/10/2010 12:17:08 Aldovar Pereira Marchand - Curitiba / PR - Brasil
Muito bem lembrado. Ainda mais hoje, dia em que teremos de escolher um novo presidente. Seria importante que estes que nos representam tivessem o mínimo de Patriotismo e cultivassem as nossas tradições. Mas, infelizmente, isto, dentre outras tantas coisas, vai ficar para uma próxima vez. E talvez, quem sabe um dia, nasça um novo GETÚLIO, para, de bombachas, nos representar.
Sítio: *****
Listado 1 Comentário!
Untitled Document