Usuário:
 
  Senha:
 
 

Berenice Azambuja:
Rancheira do Namoro

 

01/12/2005 19:52:27
DANÇA FANDANGUEIRA: VALOR CULTURAL DOS GAÚCHOS DO RIO GRANDE
 
Fandango Farroupilha de 2004,
no CTG Sentinela dos Cerros, de Caçapava do Sul, RS!
............................................................................

A dança, nos primórdios da História da Cultura Humana, já serviu, entre outras finalidades, para cantar feitos heróicos de um determinado povo, para a educação religiosa e até para o controle social. E foi na França do século XVIII que ela se firmou no baile de salão. Desde então, a dança passou a ser sinônimo de diversão e de alegria, sempre com a ideia de que o espaço utilizado no salão é destinado também aos demais dançarinos, e não a um único par. Hoje, dentre outras significâncias, a dança pode desenvolver no dançarino um sentimento de consciência voltado para o valor cultural regionalista-tradicional de sua Terra. Por intermédio dela pode-se conhecer, cultuar e divulgar os costumes,  os usos, a História e as antigas Tradições Regionais de um povo. No Tradicionalismo Gaúcho Brasileiro organizado a importância da correta formação dos praticantes das danças gauchescas é de suma importância; e Posteiros de Danças Gaúchas de Salão há em profusão. A maioria deles desenvolve excelentes trabalhos, proporcionando um aprendizado completo aos seus instruendos. A estes são transmitidos os conhecimentos necessários para o perfeito entendimento do valor cultural que a dança possui na manutenção da Identidade Regionalista-tradicional do Povo Gaúcho Sul-brasileiro. Por outro lado, há os professores de danças que criam e batizam novas coreografias, sem respeitar os ritmos ou as posturas condizentes com a História e a Tradição das Danças Gaúchas Sul-rio-grandenses. Dançar xote figurado em alta velocidade, por exemplo, compromete a sua respectiva marcação rítmica. Paixão Côrtes, no seu livro Danças Tradicionais Rio-Grandenses adverte: o verdadeiro chote gaúcho é compassado, com ritmo bem marcado, distinto daqueles chotes galopeados que comumente se presenciam no nordeste do país. As misturas de ritmos, igualmente, não são consideradas tradicionais. E o chamamé, pela sua História, não deve ser dançado com as variações alucinantes, figuradas, criadas por interesses comerciais, mas, ao contrário, com pares enlaçados. O exagero, quase sempre, beira ao ridículo. Não nos esqueçamos, também, que o ato de dançar em um salão de baile pode ser, para efeitos didáticos, equiparado ao ato de dirigir um automóvel no trânsito de qualquer cidade. A postura correta, observando as regras pertinentes ao ato praticado, é forma de respeito próprio e aos demais participantes da atividade desenvolvida. Mas, o que se vê hoje são bailes que estão mais próximos de boates do que de um Fandango Tradicionalista Gaúcho, aonde o desrespeito não está limitado ao uso de músicas, grupos musicais, pilchas e a altura do som incompatíveis com a Cultura Regionalista-tradicional Gaúcha Sul-rio-grandense. Cobertura na cabeça do peão, em um salão de baile e, principalmente, no ato de dançar, por si só já revela uma afronta à conduta tradicional dos antigos Campeiros do Pampa do Rio Grande do Sul. O que se percebe, nesses casos, é que falta a necessária educação, valor este intrínsico da Tradição Gaúcha Sul-brasileira. O Fandango Gaúcho Tradicional, portanto, deve primar pelos valores regionalista-tradicionais gaúchos sul-rio-grandenses, sem descuidar de que a Dança Gaúcha de Salão somente será fator de diversão e alegria se nela estiver presente o respeito aos autênticos usos e costumes tradicionais dos gaúchos sul-brasileiros e à educação herdada dos antepassados gaúchos interioranos do Pampa do Rio Grande do Sul. Sem esse devido respeito, no MTG Brasileiro, poderá haver Bailão Comercial ou coisa que o valha, mas não Tradicionalismo Gaúcho Brasileiro nem antiga e regional Tradição dos Gaúchos Campeiros do Sul do Brasil!

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
24/06/2008 17:43:28 joelmapbueno@hotmail.com - Lages / SC - Brasil
Ótimo!
Sítio: *****
Listado 1 Comentário!
Untitled Document