Usuário:
 
  Senha:
 
 

Os Campesinos:
Saudades de Esquilador, de Jorge B., Daniel Alves
e Cristiano Quevedo

 

17/12/2005 16:47:54
NUMA COMPARSA DE ESQUILA!
 
Sant'Ana do Livramento, Set 2005: Tarde Tradicionalista do Sesc!
............................................................................

É feliz neste momento este gaúcho que canta e solta pela garganta um pássaro pacholento, que aos ares do firmamento se solta como uma garça; e nem o orgulho disfarça um gosto de rir solito, pois tudo nos vem bonito nesta primeira comparsa." São os versos de Delci Oliveira, no encerramento da Primeira Comparsa da Canção Nativa, da cidade de Pinheiro Machado-RS. O município é um dos que mais se destacam na ovinocultura e onde também se realiza a Feovelha – Feira e Festa Estadual da Ovelha. A esquila é o trabalho de tosquia da lã ovina, realizado entre os meses de outubro e novembro. A comparsa de esquila é a reunião de um grupo de esquiladores. Estes podem utilizar a máquina ou a tesoura, para desempenharem seu ofício. Antigamente a tosquia era feita apenas com o uso da tesoura, a chamada esquila à martelo. A esquila desenvolve-se mais ou menos, assim, deste jeito: o esquilador agarra o animal no brete e o transporta até a cancha; maneia o bicho e começa a tosa, cujo trabalho envolve recorte, retoso, tirada do velo, garreio, tudo com uniformidade na altura do toso e, de preferência, sem cortes ou piques no couro do animal. Além de ser uma excelente alternativa de renda para o produtor, a tosa também ameniza o calor da ovelha no verão. Hoje é utilizada a máquina, embora muitos produtores de pequeno porte ainda usem a velha tesoura de esquilar, mantendo o costume antigo, tradicional. E embora a demanda mundial crescente esteja a exigir o emprego da tecnologia, esta não se confunde com a antiga, regional e campeira Tradição Gaúcha do Rio Grande do Sul. Entretanto, de uma forma ou de outra, lá no início da cadeia de produção continuam as ovelhas balindo no pasto e o peão gaúcho sul-rio-grandense na sua rude e buena lida de campo!

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
NENHUM COMENTÁRIO ATÉ O PRESENTE MOMENTO!
Untitled Document