Usuário:
 
  Senha:
 
 

Fogo de Chão:
Mulher Gaúcha

 

04/01/2006 23:43:39
A MULHER TRADICIONALISTA GAÚCHA BRASILEIRA!
 
Prendas Gaúchas Brasileiras: representação das mulheres interioranas,
das antepassadas campeiras do Pampa Sul-rio-grandense!
............................................................................

"Não podemos esquecer que no passado a mulher sempre trabalhou nas estâncias, assegurando a economia do Rio Grande do Sul, enquanto seu pai, esposo e filhos saiam para defender as fronteiras e os ideais sul-rio-grandenses. A mulher estancieira foi a que permaneceu na estância, administrando as lides campeiras e domésticas, tomando conta do lar, dos filhos, da estância e cuidando dos negócios do homem ausente, rezando pelos vivos e chorando os mortos. Era, aos olhos de Deus e da sociedade patriarcal a mãe, a esposa, a filha, permanecendo em casa, aguardando ansiosa o desfecho da guerra e o retorno do guerreiro. A mulher tradicionalista gaúcha de hoje está ao lado do homem a orientar, a administrar e a planificar o Tradicionalismo Gaúcho Brasileiro. A mulher tem contribuído e muito para o engrandecimento e o fortalecimento dos princípios tradicionalistas, da Filosofia de Atuação do Tradicionalismo Gaúcho Brasileiro organizado, do ato de cumprir e fazer cumprir o seu Estatuto e seus Regulamentos, suas normas, ao desempenhar funções como a de Patroa, Coordenadora Regional, Conselheira e detentora de outros cargos tão importantes e decisivos na estrutura organizacional e administrativa do Tradicionalismo Gaúcho Brasileiro; propagando, divulgando e cultuando a Tradição dos Gaúchos do Rio Grande do Sul". (Maria Izabel T. de Moura - quando no cargo de Vice-presidente de Cultura do MTG-RS)

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
06/01/2006 11:56:46 José Itajaú Oleques Teixeira
Prezado Murilo. Tens toda a razão, chê! E Maria Izabel também, quando observa que a mulher tradicionalista zela pela Filosofia do Tradicionalismo e pelos princípios morais do gaúcho. Desde, naturalmente, que não esteja sendo usada pelos mercados que se utilizam das minorias para explorarem a tudo e a todos. Desde que estejam observando e fazendo observar Estatuto e Regulamentos, realizando aquilo que muitos bombachudos e calças corridas detentores de cargos não vêm fazendo atualmente. Talvez, até, seja a mulher tradicionalista que venha a moralizar esse inoperante Tradicionalismo Gaúcho Brasileiro organizado (desde que, repetimos, não explorada pelos mercados "country-sertanejo" e "crioulista-texa-mercosurista", travestida de peão texano, como já acontece há algum tempo no Movimento Tradicionalista Gaúcho do Brasil!?!), pois Fazer Tradicionalismo e Tradição do Rio Grande, ao contrário do que ocorre com essa indevida exploração econômico-financeira, turística, político-partidária, não é realizar eventos com intuíto comercial ou eleitoreiro nem jogos e modalidades que nunca foram tradicionais dos antepassados gaúchos campeiros do Pampa Sul-rio-grandense; Fazer Tradição do Rio Grande, cumprindo os reais Fins Culturais Tradicionalistas, conforme as previsões estampadas na Carta de Princípios do MTG Brasileiro, nos seus Estatutos, Regulamentos e Diretrizes Regionalista-tradicionais Sul-rio-grandenses é muito mais: é cultuar, zelar, defender, preservar. retransmitir e corretamente divulgar, para o Estado, o país e o mundo, as autênticas, as antigas e regionais Tradições dos Antepassados Gaúchos Campeiros do Pampa do Rio Grande do Sul! Grato pela oportuna e importante participação. Saudações Tradicionalistas e um quebracostelas cinchado a esse prezado Vivente!
Sítio: http://www.bombachalarga.com.br
05/01/2006 08:21:59 Murilo Damazio Da Silva
Buenas! Acho que o papel da mulher, hoje, é muito importante no mundo, nao sendo diferente no Tradicionalismo; mesmo hoje não estando mais em guerra, muitas sobem no lombo do cavalo e mostram a que vieram!
Sítio: http://murilodamazios@yahoo.com.br
Listados 2 Comentários!
Untitled Document