Usuário:
 
  Senha:
 
 

Os Mirins:
Respeito ao Gaúcho, de Francisco Castilhos e Albino Manique

 

31/01/2006 17:35:16
TRADICIONALISTAS! É HORA DE CERRARMOS FILEIRAS!
 
Tradição Gaúcha Brasileira: usos e costumes regionais dos Antepassados
Gaúchos Campeiros do Pampa do Rio Grande do Sul!
............................................................................

É chegada a hora de todos os Tradicionalistas Gaúchos deste imenso Brasil empunharem a bandeira e o brasão do Rio Grande do Sul e cerrarem fileiras em defesa do Tradicionalismo Gaúcho Brasileiro. A Tradição Gaúcha Sul-rio-grandense foi apunhalada, foi traída; abriram a Porteira do Rio Grande para a entrada do dinheiro do estrangeiro. Como se não bastasse corromper alguns grupos musicais, que se deixaram levar pela força dos "pilas" e se bandearam para o outro lado, ignorando e traindo a Tradição dos Campeiros do Sul do Brasil, agora estão se apossando das Festas e Rodeios do Movimento Tradicionalista Gaúcho. Tudo isso com a ajuda nefasta de maus patrões e péssimos tradicionalistas, que sequer respeitam o próprio Estatuto do  MTG e o próprio Regulamento do Rodeio Crioulo Internacional de Vacaria,  como se percebe na previsão a seguir exposta: "I - O Regulamento Artístico do 26º Rodeio Crioulo Internacional de Vacaria tem por objetivo valorizar e preservar todas as manifestações artísticas e culturais do Regionalismo Gaúcho; II - Orientar as Invernadas Artísticas, competidores individuais, músicos, comissões, coordenadores, coreógrafos, e outros, do procedimento e da forma que serão realizados os concursos no 26º Rodeio Crioulo Internacional; III - Premiar e destacar para o Brasil os grandes talentos da arte e da Cultura Gaúcha; IV - Fazer intercâmbio de todos os artistas gaúchos da América do Sul". Em nenhum momento foi citado o Estatuto do MTG, que rege e tem por obrigação zelar e fiscalizar a conduta dos CTGs - e não o faz -, nem no Regulamento do Rodeio consta que esta festa deveria divulgar ou contratar músicos da tche music, duplas sertanejas ou de outra origem. O CTG Porteira do Rio Grande, fundado em 23 de julho de 1955, com a intenção de ser a Porteira do Rio Grande, a Porta de Entrada para o Rio Grande do Sul, a primeira barricada em defesa da Tradição Gaúcha do Estado, jamais poderia contratar a "peso de ouro" uma dupla sertaneja, em detrimento de vários artistas que pelejam e se esforçam para manter as rédeas da Tradição firme, em defesa dos costumes que os antepassados nos legaram. Será que os fundadores do Porteira do Rio Grande ficariam contentes com isso? Será que preservar a Tradição - que é a primeira obrigação do CTG - é abrir a porteira para músicas e músicos que nada têm a ver com a Tradição dos Gaúchos do Rio Grande? Lamentavelmente, a porteira está aberta! A primeira barricada está caída! É hora de os verdadeiros Tradicionalistas tomarem as rédeas e cerrarem fileiras em nome do autêntico Tradicionalismo Gaúcho Brasileiro! Precisamos nos perfilar e calçar o garrão na cancela, para impedir esses assassinatos culturais! (do colaborador do BL e Mangrulho do ONTGB no Sul do Brasil, Ademir Canabarro: um Missioneiro!)

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
01/02/2007 12:24:25 José Itajaú Oleques Teixeira - Guará / DF - Brasil
Prezado Xiru Ítalo. O sítio Bombacha Larga agradece a tua honrosa visita e o comentário postado. Em resposta ao teu questionamento, informamos-te que, conforme a matéria publicada no dia 24-11.2006, sob o título "O CTG e os padrões morais do gaúcho", arquivada e disponibilizada no item "Matérias" deste espaço cultural tradicionalista gaúcho, o CTG Estância Gaúcha do Planalto, de Brasília-DF, em 10-11-2006, sediou no interior de sua Sede Social, mediante locação de suas dependências, um evento incompatível com os fins e os objetivos do Tradicionalismo Gaúcho Brasileiro. E, embora a divulgação da decorrente suspensão tenha se dado somente no dia 9 de janeiro de 2007, por meio do sítio da FTGPC-Federação Tradicionalista Gaúcha do Planalto Central, a referida sanção administrativa de suspensão por 30 (trinta) dias foi aplicada pela Diretoria Executiva daquela Entidade Tradicionalista Federativa a partir do dia 23 de novembro de 2006, tendo sido homologada em reunião realizada no dia 14 de dezembro de 2006, com fundamento no art. 32, inciso I, e atenuante do art 30, inciso V, dispositivos estes do Regulamento do Estatuto daquela Federação Tradicionalista Gaúcha. Informamos, ainda, a esse prezado amigo do Bombacha Larga, que este espaço cultural tem a liberdade para divulgar essa e outras notícias dentro das prioridades estabelecidas por seus administradores. Mas, o que é de ser desde já ressaltado é que decisões como essa da FTGPC só contribuem para dignificar o Tradicionalismo Gaúcho e comprovar que as normas aprovadas e em vigor existem para serem observadas e cumpridas, como em qualquer sociedade humana organizada. Por isso, aproveitamos esta oportunidade para parabenizar os componentes da Diretoria Executiva da Federação Tradicionalista Gaúcha do Planalto Central pelo efetivo cumprimento de suas obrigações estatutárias. O Tradicionalismo Gaúcho Brasileiro, os Tradicionalistas, o antigo Patrimônio Sociológico-tradicional Sul-rio-grandense, pertencente ao Estado do RS, aos Sul-rio-grandenses, ao Brasil e a todo o Povo Brasileiro, agradecem! Saudações Tradicionalistas e um quebracostelas cinchado a esse prezado Vivente!
Sítio: http://www.bombachalarga.com.br
31/01/2007 21:43:32 ítalo - sorriso / MT - Brasil
gostaria de saber pq a federaçao do planalto central suspendeu o ctg estancia gaucha do planalto por 30 dias, o q foi infrigido? e pq este site n colocou essa noticia aki?
Sítio: *****
31/01/2007 17:20:14 dalzira - chapecó / SC - Brasil
Ótimo os seus comentários! Somos do CTG Vaqueanos d'Oeste.
Sítio: *****
01/02/2006 18:37:19 Carlos Zatti
Renê Costa, nem adianta citar o MTG, que no fundo é o maior culpado de todas essas barbaridades que adentram nos CTGs, a começar pela Semana Farroupilha, que mais se parece uma Semana Anti-farroupilhas, pois contraria todos os ideais dos heróis de 1835 e, principalmente, do 11/09/1836 (data que deveria ser comemorada a Semana). Parabéns ao Bombacha Larga!
Sítio: *****
01/02/2006 11:22:38 Sueli Berenguer
Gosto de ler as matérias deste colunista, porque fala e defende a tradição com "alma". E se conseguir tocar pelo menos alguns patrões, já está bom. Parabéns ao Bombacha Larga, na escolha das matérias. E parabéns ao Ademir Canabarro, que aniversaria na data de hoje!
Sítio: *****
01/02/2006 07:39:38 Renê Costa
Parabéns a você, Ademir, por ter divulgado esta notícia. No meu entender a culpa não é somente dos patrões, que visam somente lucro em seus eventos independentes, porém de todos nós que procuramos preservar nossa cultura, à medida que nos tornamos impotentes frente a essas barbáries; e do próprio MTG, que não toma providências para coibir estes absurdos. Aqui no Alegrete, que se diz a Cidade mais Gaúcha do Rio Grande, nós temos um CTG que 80% dos eventos realizados são de uma emissora de Rádio, que se diz "Nativa", e que forra os bolsos nas costas do tradicionalismo, sendo que o citado CTG realiza, em pleno 20 de Setembro, baile esporte, com o argumento de que após as 24h não há a necessidade de se comemorar a nossa Data Máxima. E neste caso o MTG também é conivente, pois sabe desses abusos contra a nossa cultura. E o pior, ainda, é que no citado CTG a integrante da Invernada Cultural é Conselheira do MTG! Então, o que fazermos?
Sítio: *****
Listados 6 Comentários!
Untitled Document