Usuário:
 
  Senha:
 
 

Claudemir Xavier:
Vida Gaúcha

 

16/02/2006 13:51:40
A FORÇA TELÚRICA DO FOGO E DA PAMPA SUL-BRASILEIRA!
 
Homem e Terra: força telúrica, cósmica, universal!
............................................................................

Barbosa Lessa, na sua obra Nativismo – um fenômeno social gaúcho, referindo-se ao termo telurismo assim o explica: A esse contato entre Terra e Homem se chama força telúrica. Parte da força cósmica – que é de todo o Universo. E telurismo é a capacidade de sentir a presença do solo, do chão, da gleba, amando-a a mais não poder. Segundo Edilberto Teixeira, Telurismo é a influência do solo de uma região sobre o caráter e os costumes de seus habitantes. O que é pertencente ou relativo à terra, a sua força telúrica. Para Maria Ezabel T. de Moura, no estudo do comportamento humano, é altivo, libertário, indômito e menos sujeito à condição de escravo aquele nascido em meio aos vales e planícies. Daí dizer-se ser o gaúcho indomável, comparando-se a sua liberdade com a vastidão das coxilhas do Rio Grande do Sul. Podemos, ainda, estender o conceito de telurismo ao gosto pelo fogo, por constituir-se arquetípica essa relação que temos com esse elemento básico da vida, cuja origem vem de tempos imemoriais, de antes até da existência do homem como hoje é conhecida, nas palavras do Senador Artur da Távola (O Fogo, in Almanaque dos Gaúchos, 2. sem, Martins Livreiro Editor: Porto Alegre, 1998). Por tudo isso é que os gaúchos brasileiros têm um prazer especial em reunirem-se em torno de um fogo de chão, em grupo, para o preparo do churrasco, para tomar o chimarrão, charlar, contar causos e cultuar outros aspectos da Cultura Regionalista-tradicional Sul-rio-grandense, como a declamação de poesias crioulas do Pago Sulino, a execução e o canto de composições do folclórico e tradicional Cancioneiro Gaúcho Sul-rio-grandense. É, portanto, com esse proceder telúrico que os integrantes do Movimento Tradicionalista Gaúcho do Brasil devem revelar o amor que nutrem pelo Estado Garrão Sul-brasileiro, pela Querência Sulina e por sua antiga e rica Tradição Regional herdada dos antepassados Gaúchos Campeiros do Pampa do Rio Grande do Sul!

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
16/02/2008 20:59:18 Mauro Vanderlei de Souza Braga - porto Alegre / RS - Brasil
Agradecimento: "Agradeço a tua lembrança, pois é o que temos de herança dos nossos antepassdos. Por isso, certo ou errado, não vamos afrouxar o garrão; e, sim, conservar a tradição, com vento chuva ou neblina. Enquanto nós existirmos, o Xucrismo não se termina!". Mauro Braga
Sítio: *****
17/02/2006 08:26:39 Murilo Damazio Da Silva
Buenas! É este o verdadeiro nativismo, aonde coisas simples como um fogo de chão, um mate e um churrasco bastam para fazer esses campeiros felizes!
Sítio: *****
Listados 2 Comentários!
Untitled Document