Usuário:
 
  Senha:
 
 

Crioulo dos Pampas:
Dançando o Xote

 

03/07/2006 07:03:51
O AUTÊNTICO XOTE GAÚCHO DOS CAMPEIROS DO RIO GRANDE!
 
Xote Gaúcho Sul-rio-grandense: ritmo e dança tradicional
dos Antepassados Pampeanos do Sul do Brasil!
............................................................................

Xote é ritmo e dança universal, mas suas características na Tradição do Rio Grande do Sul estão vinculadas ao antigo e regional modo de vida dos Antepassados Gaúchos Campeiros do Pampa Sul-rio-grandense. A palavra, de acordo com sua etimologia, é  escrita com a letra "x". O schottish, supostamente criado na Hungria, foi introduzido em bailes da Inglaterra em 1848, aproximadamente, com o nome de polca alemã. Depois popularizou-se na França, alastrando-se pela Europa e as colônias da época. Corroborando essa grafia do vocábulo xote com "x" temos o Dicionário da Academia Brasileira de Letras, aonde não a encontramos escrita com "ch". Assim, pode-se deduzir que a letra "x" estaria substituindo o "scho" da palavra original. Popularmente, no entanto, também é conhecido por chote. Esta é a grafia encontrada nos manuais do MTG-RS. Paixão Côrtes, igualmente, na sua obra Danças Tradicionais Rio-Grandenses - Achegas, assim o representa, alertando que o verdadeiro chote gaúcho é compassado, com ritmo bem marcado, distinto daqueles chotes galopeados que comumente se presenciam no nordeste do país. Infelizmente, no entanto, algumas Academias de Danças desnaturam o xote afigurado, criando figuras como autênticas marcas de identificação comercial e sem atentar para a marcação correta dessa Dança Tradicional Gaúcha Sul-rio-grandense. Com velocidades extremas transformam o que deve ser compassado em algo quase impraticável. Omitem, ainda, de seus alunos, algumas regras básicas a serem seguidas em um Fandango Gaúcho Tradicional do MTG Brasileiro. Uma delas, própria do senso comum, é a que informa que em um baile muito cheio o par não deve desenvolver as figuras, por uma questão de bom senso e educação, preservando, assim, a integridade física dos demais dançarinos. Os praticantes da dança Xote Gaúcho do Rio Grande do Sul, portanto, devem manter as características básicas da dança. Para isso, dançar conforme a música é fundamental, com marcação, elegância, expressão e postura, entendendo-se esta última como o jeito próprio e típico da Dança Gaúcha Tradicional herdada dos antigos interioranos do Pampa Sul-brasileiro, ou seja, com a correta distância existente entre os pares e a altura das mãos - esquerda do peão e direita da prenda - na linha dos ombros. Com a presença ou não das figuras tradicionais, a dança deve ser praticada sem exageros e em sintonia com o compasso musical correspondente. Dessa forma, o Xote Gaúcho Tradicional do Rio Grande do Sul estará sendo cultuado, preservado, retransmitido e dançado nos Fandangos Tradicionalistas do MTG Brasileiro conforme a autêntica, a antiga, a regional Tradição dos Gaúchos Campeiros do Sul do Brasil!

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
03/07/2006 14:19:47 Canabarro - Navegantes / SC - Brasil
Conheço alguns dançarinos e algumas academias que desenvolvem o chote afigurado como uma dança aeróbica de alto impacto. Não respeitam o ritmo nem o compasso. A prenda, se não for bem ágil, pode até ter fratura no braço!
Sítio: *****
03/07/2006 12:38:23 Cris - Brasília / DF - Brasil
Realmente, em alguns bailes a gente tem que tomar cuidado para não levar uma cotovelada de um dançarino exibicionista...
Sítio: http://www.flogao.com.br/estancieiros
Listados 2 Comentários!
Untitled Document