Usuário:
 
  Senha:
 
 

Os Mateadores:
Fogo de Chão

 

26/09/2006 10:34:21
A MÚSICA REGIONAL GAÚCHA DO RIO GRANDE, NO COPO DA TRADIÇÃO!
 
A regional, típica e tradicional Pilcha dos Gaúchos Brasileiros!
Porém, o lenço à meia-espalda é de um folclore morto, há muito em desuso,
e, por isso, não mais tradicional do Rio Grande do Sul!
............................................................................

A indumentária tradicional é, sem dúvida alguma, um importante fator na caracterização da Cultura Regionalista-tradicional do Povo Gaúcho Brasileiro. E ela é tão determinante quanto o kimono para o povo japonês e o saiote xadrez - o kilt - para os escoceses. Portanto, a Pilcha Gaúcha Oficial e de Honra do Rio Grande do Sul pode ser comparada ao copo do antigo Patrimônio Sociológico-tradicional do Estado Sulino, aonde os Gaúchos Brasileiros bebem a límpida, pura e antiga Tradição Regional do Rio Grande do Sul. É certo, por exemplo, que haveria uma falta de coerência cultural regionalista-tradicional se italianos dançassem as músicas folclóricas de seu país vestidos com os trajes típicos do povo alemão. No mesmo sentido, não haveria adequação cultural alguma se um grupo nordestino tocasse um forró pé-de-serra trajando roupas do folclore mexicano. Todos esses grupos, citados nos exemplos acima, poderão assim proceder e até se apresentarem trajando calças jeans e camisetas coloridas, sem as roupas típicas de suas respectivas culturas regionais. Entretanto, em nada estariam contribuindo para a sua caracterização como autênticos representantes de suas sociedades nativas. A música, contudo, é universal, e pode ser apreciada ou executada por indivíduos de qualquer lugar do mundo. Por isso, não é a música tocada por um grupo musical qualquer que irá defini-lo como um autêntico representante cultural do povo detentor daquele patrimônio artístico-musical apresentado. Dessa forma, o velho e decantado ditado que diz o que mata a sede é a água, e não o copo não se presta ao trato da sede cultural. Na verdade, esse aforisma é portador de um raciocínio capcioso, falacioso, sofismado. Atende, muito bem, aos interesses dos mercados sem fronteiras da Nova Ordem Mundial, mas não aos interesses das culturas regionalista-tradicionais. E por estar baseado em uma constatação simples da ciência física, é de ser aplicado, e tão-somente, àquela necessidade natural e vital de o Homem ingerir o líquido precioso. O referido provérbio, por isso, não poderá ser estendido ao campo da cultura, pois para matar a sede cultural não basta a existência da água e do copo. Para saciar a sede de cultura de um povo a água deve ser, antes de tudo, limpa e potável, livre da nocividade das salmonelas e dos males dos indesejáveis coliformes fecais. O copo, porquanto dispensável no ato simples e humano de beber água, tem na retratação da cultura regional notável distinção e especial relevância. Na seara cultural, deve-se atentar para a mesma regra básica aplicável às demais bebidas, como, por exemplo, o conhaque e o vinho. Se a água da cultura for tomada em um copo inadequado o seu sabor será, inevitavelmente, alterado. O Homem, no seu cotidiano, poderá tomar água em qualquer copo e até mesmo não se utilizar desse utensílio no ato. Na cultura regional, ao contrário, a água não poderá ser tomada sem o uso do copo apropriado. Os copos específicos para os vinhos tintos, vinhos brancos, champanhes, uísques ou licores, dentre outros, não se prestam ao bom uso da água da cultura musical gaúcha sul-rio-grandense. Esta, necessariamente, tem de ser tomada em seu copo certo e específico, o especialmente destinado a ela: o da água da Cultura Regionalista-tradicional dos Gaúchos Campeiros do Pampa do Rio Grande do Sul. No âmbito desta, portanto, o que mata a sede cultural é a água saudável e servida em copo apropriado para o seu fim. O sofisma empregado na tendenciosa filosofia tem apenas aparências de verdade, mas falsos são seus argumentos. Assim, todo o grupo musical regionalista gaúcho e adequadamente pilchado, ao se apresentar em público tocando a autêntica música tradicional gaúcha sul-rio-grandense, estará a representar a mais pura água da Cultura Regionalista-tradicional Gaúcha Brasileira. E é com essa água que o Povo Gaúcho do Brasil irá saciar a sua sede na atual secura cultural, bebendo-a no adequado e secular Copo da Tradição Sul-rio-grandense: a típica, oficial, regionalista e tradicional Pilcha dos Gaúchos Campeiros do Pampa do Rio Grande do Sul!

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
21/10/2008 14:29:58 raquel carvalho dos santos - dias d avila / BA - Brasil
Oi, pró, sou eu, Raquel, da Escola Normélio. Sou da 5B. Só passei pra ver isso tudo q tá tão bonito. bjsss xauu
Sítio: *****
30/09/2008 13:47:32 José Itajaú Oleques Teixeira - Guará / DF - Brasil
Prezado Sílvio. O sítio Bombacha Larga agradece a tua honrosa visita e a comunicação postada neste espaço cultural tradicionalista gaúcho. Em resposta, informamos-te que as matérias e notícias publicadas e arquivadas neste sítio têm um fim didático-cultural, por isso estão disponíveis e sendo reprisadas desde 30 de janeiro de 2007, conforme informação contida na página principal. E elas são atuais porquanto contêm dados informativos da Filosofia de Atuação Cultural do Movimento Tradicionalista Gaúcho Brasileiro, a qual não visa nem lucros nem a comercial e nociva flexibilização nem a modernização ou a estratégica evolução, mas a preservação da autenticidade dos antigos usos e costumes tradicionais dos gaúchos campeiros do Pampa do Rio Grande do Sul. Saudações Tradicionalistas e um quebracostelas cinchado a esse prezado Vivente!
Sítio: http://www.bombachalarga.com.br
29/09/2008 15:20:48 lorena - dias davila / BA - Brasil
Eu não queria esse site, eu queria as roupas típicas da Libéria, mas dá pra entender algo, não sei o quê, mas dá pra entender. Espero que você goste e seja útil para algo! Bjs!!! Ok! Linda!!! Minha querida amiga...
Sítio: http://www.sociologianarede.blogspot.com/
26/09/2008 18:20:45 silviohazt - bituruna / PR - Brasil
Olá! Boa tarde! Por que vocês não atualizam o site? A tradição gaucha não pode modernizar, mas sim evoluir. Um abraço a toda equipe.
Sítio: *****
Listados 4 Comentários!
Untitled Document