Usuário:
 
  Senha:
 
 

Os Tiranos:
Oh! De Casa, de Honeyde Bertussi
e Adelar Bertussi

 

14/10/2006 10:10:41
O TRADICIONALISMO NO SISTEMA DE INFORMAÇÃO GLOBAL!
 
Tradição dos Campeiros do Pampa do Rio Grande do Sul:
Alma e Patrimônio Cultural dos Gaúchos Brasileiros!
............................................................................

Na Era da Informação, o uso dos privilegiados recursos tecnológicos da telemática, disponíveis e já amplamente utilizados nos dias atuais, é de serem também aplicados na difusão da História, da Formação Social, do Folclore Gaúcho Sul-rio-grandense e da antiga Tradição Regional, oriunda dos Antepassados Gaúchos Campeiros do Pampa do Rio Grande do Sul. Esta é uma necessidade cultural e moral; e uma moderna exigência aplicável a todas as Entidades Tradicionalistas Gaúchas, a facilitar-lhes o cumprimento dos Fins Culturais do Movimento Tradicionalista Gaúcho organizado, ao qual se encontram vinculadas. A previsão, contida no item II da Carta de Princípios do MTG Brasileiro, a ser observada por todas as Entidades Tradicionalistas, interligada está ao conteúdo do item XVIII daquela Constituição do MTG do Brasil, a orientar os integrantes do Tradicionalismo no sentido de que eles devem incentivar, em todas as formas de divulgação e propaganda, o uso sadio dos autênticos motivos regionais. Portanto, além de cultuar os aspectos culturais regionalista-tradicionais gaúchos sul-rio-grandenses, os Centros de Tradições Gaúchas, como as demais Entidades vinculadas ao MTG Brasileiro organizado, e todos os seus integrantes, devem divulgá-los por todos os meios disponíveis e possíveis de difusão. Nota-se, no entanto, que até este momento há uma grande relutância ao uso da Internet, para esse fim, no Tradicionalismo Gaúcho do Brasil. São poucos os CTGs que possuem um sítio na Rede Mundial de Computadores Interligados. E muitos daqueles que já o possuem, deixam de atualizar seus respectivos endereços eletrônicos e as informações culturais regionalista-tradicionais de forma adequada. Entretanto, esse desprezo de alguns órgãos e entidades tradicionalistas pela relativamente barata tecnologia da informática (ainda tem MTG sem sítio na Internet !!!), deixando de cumprir fins institucionais importantes como os acima citados, só pode ser justificado pela ausência de interesse cultural por parte das suas respectivas Patronagens. Os Diários Digitais, como os Flogs, Blogs e outros de iniciativa individual, como os de alguns Grupos de Danças Folclóricas Sul-rio-grandenses, não suprem o dever cultural das referidas Entidades Tradicionalistas no atendimento daquela orientação estatutária. Como espaços não oficiais, aqueles estão sujeitos aos naturais afastamentos do foco tradicionalista e mais propensos às exposições pessoais e exibicionistas do que a uma abordagem essencialmente cultural regionalista-tradicional gaúcha sul-rio-grandense e tradicionalista gaúcha brasileira. Dessa forma, a necessidade moderna de proporcionar-se informações acessíveis aos Tradicionalistas, em qualquer lugar, aliada ao objetivo do Tradicionalismo de difundir a História e a Cultura Regionalista-tradicional Gaúcha do Rio Grande do Sul, a um mundo cada vez mais informatizado, leva as Entidades Tradicionalistas a se inserirem, obrigatoriamente, no mundo digital. O ambiente multimídia da Internet, ao permitir o conhecimento, o aprendizado, também contribui para a consecução dos demais Fins Tradicionalistas Gaúchos, como os do cultivo, do zelo, da retransmissão e o da preservação das autênticas, antigas, Tradições dos Gaúchos do Pampa Sul-brasileiro. É certo que muitos assim agem para esconder práticas meramente comerciais e incoerentes, frente à Tradição do Estado Garrão-sul do Brasil, e inapropriadas, diante da Finalidade Cultural do Tradicionalismo. Por isso, urge a inclusão das Entidades Tradicionalistas no Sistema de Informação Global. Dessa forma, o MTG Brasileiro e suas Entidades Culturais filiadas estarão atendendo a um de seus objetivos tradicionalistas, com a correta divulgação e a consequente valorização da História, do Folclore, da Cultura Regionalista-tradicional Sul-rio-grandense, enaltecendo, de forma efetiva, verdadeira, as autênticas, as antigas, Tradições dos Gaúchos Campeiros do Pampa do Rio Grande do Sul!

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
26/10/2006 18:57:31 Valdemar Engroff - Alvorada / RS - Brasil
É inadmissível que o MTG/RS, que tem na sua lista de filiadas, em números redondos, 1500 entidades tradicionalistas gaúchas e que, quando é expedida uma correspondência ela é enviada como antigamente, por carta, com envelope, papel, selo; com gastos de pessoal, tempo, tinta de impressora, etc. Seria de bom alvitre, e os CTGs não se deram conta disso, que CADA ENTIDADE TRADICIONALISTA TIVESSE UM CHASQUE ELETRÔNICO (e-mail), não precisando necessariamente o CTG de ter um computador, bastando que um membro da patronagem tenha um, o que é perfeitamente viável hoje em dia. Quanto seria a economia do MTG??? Agora, eu vou mais adiante. Penso que CADA CTG DEVERIA TER UMA PÁGINA NA INTERNET. Avançar na tecnoloogia da comunicação não é deturpação das nossas tradições. Mas me contentaria se a metade dos CTGs do RS tivesse um chasque eletrônico nos cadastros do MTG riograndense. Isso vale também para os demais MTGs e entidades tradicionalistas, fora das linhas geográficas riograndenses. E pensar que no Rio Grande, com 30 Regiões Tradicionalistas, talvez tenhamos só 20% delas com galpões virtuais (páginas na Internet), o que é outro absurdo a ser superado com o tempo. Vamos lutar e vamos superar esta barreira, pois devemos acompanhar a passos largos a velocidade do envio de dados e das informações tradicionalistas.
Sítio: http://www.valdemargauderio.ubbi.com.br
16/10/2006 09:41:55 Guimarães-CTG Raízes do Sul - Porto Alegre / RS - Brasil
Até o presente momento os CTGs ainda não acordaram para essa poderosa ferramenta que está ai à disposição de todos, para fazer a verdadeira cultura tradicionalista, sim. CTGs como o nosso tiveram um grande incremento em suas atividades culturais e gerais após o uso sistemático do Galpão Virtual. Vamos lá, indiada; vamos acordar, tornar-se vivos dentro do que regula a nossa carta Maior e aproveitar os modernos meios de comunicação para alavancar as atividades de todas as Entidades Tradicionalistas Gaúchas!
Sítio: http://www.ctgraizesdosul.com.br
14/10/2006 13:34:19 lubrichap@desbrava.com.br - chapecó / SC - Brasil
Seu Cordova, acho que o Sr Patrão vai gostar de ler estas informações do Bombacha Larga. Assim poderemos ficar sempre atualizados. Buenas, chê!
Sítio: *****
14/10/2006 13:31:48 dagmarfs@celesc.com.br - chapecó / SC - Brasil
Isto serve não apenas para a reflexão, mas também para este lindo casal. Que show em nosso CTG! Parabéns, Mel!
Sítio: *****
14/10/2006 13:29:50 d.sabadim@bol.com.br - chapeco / SC - Brasil
Este comentário serve para refletir, mesmo...
Sítio: *****
14/10/2006 13:27:25 lubrichap@desbrava.com.br - chapecó / TO - Brasil
Por este motivo é que eu acho que sempre deve fazer parte das Patronagens quem gosta realmente de ser gaúcho; quem ama a Tradição do Rio Grande!
Sítio: *****
Listados 6 Comentários!
Untitled Document