Usuário:
 
  Senha:
 
 

Wilson Paim:
Prenda Minha, de Telmo de Lima Freitas

 

21/10/2006 10:43:50
TRADIÇÃO É CULTURA - I
 
Pilcha Gaúcha Feminina do RS: Identidade Cultural
Regionalista-tradicional fundada na vida das antepassadas
mulheres pampeanas sul-brasileiras do séc XIX!
............................................................................

O Fim Cultural Maior do Movimento Tradicionalista Gaúcho Brasileiro é proteger, zelar, preservar, retransmitir e corretamente divulgar a antiga Tradição Gaúcha do Rio Grande do Sul, esse valioso Patrimônio Sociológico-tradicional do Estado Sulino, do Povo Sul-rio-grandense, do Brasil e de todo o Povo Brasileiro. Por isso, seus Centros de Tradições Gaúchas - CTGs - devem  trabalhar permanentemente a Cultura Regionalista-tradicional Gaúcha Sul-rio-grandense de forma abrangente e interdisciplinar. Assim, não devem os CTGs priorizar apenas as atividades artísticas ou os eventos festivos, muitos deles em nada tradicionais da região do Pampa Sul-rio-grandense. Para cumprirem seus objetivos e seus fins culturais é preciso que essas Entidades Culturais Santuários da Antiga Tradição dos Antepassados Gaúchos Campeiros do Pampa do Rio Grande do Sul não se esqueçam das orientações filosóficas tradicionalistas contidas na Carta de Princípios do sistema MTG Brasileiro organizado. Dentre elas, as que orientam no sentido de cultuar e difundir nossa História, nossa Formação Social, nosso Folclore e nossa Tradição, como Substância Bbasilar de Nacionalidade (II); promover, no meio do nosso povo, uma retomada de consciência dos Valores Morais do Gaúcho (III); criar barreiras aos fatores e ideias que nos vêm pelos veículos normais de propaganda e que seja diametralmente opostos ou antagônicos aos costumes ou pendores naturais de nosso povo (V); preservar o nosso Patrimônio Sociológico representado, principalmente, pelo linguajar, vestimenta, arte culinária, forma de lides e artes populares (VI); fazer de cada CTG um Núcleo Transmissor da Herança Social e, através da prática e divulgação dos hábitos locais, noção de valores, princípios morais, reações emocionais, etc., criar em nossos grupos sociais uma unidade psicológica, como modos de agir e pensar coletivamente, valorizando e ajustando o homem ao meio, para a reação em conjunto frente aos problemas comuns (VII). Diante destas e das demais previsões da Filosofia Tradicionalista Gaúcha Brasileira observa-se ser plenamente possível às Sociedades Culturais do MTG Brasileiro organizado o cumprimento de tão importantes objetivos estatutários. Bastaria um pouco mais de trabalho cultural e de vontade política e tradicionalista. Sabemos todos que o atual modelo seguido pelas Entidades do Tradicionalismo, qual seja o de enfatizar somente as participações artísticas em Festivais de Arte e Tradição e em eventos festivos essencialmente lucrativos realizados em suas sedes, impedem a concretização da necessária Formação Tradicionalista da juventude e dos recém-chegados ao meio tradicionalista gaúcho brasileiro. Assim, um contínuo e efetivo trabalho desenvolvido pelas Invernadas Culturais desses Polos Irradiadores da Cultura Gauchesca Sul-rio-grandense – os CTGs e demais Entidades Tradicionalistas filiadas ao MTG -, no sentido de transmitir os conhecimentos tradicionais sul-rio-grandenses e tradicionalistas gaúchos brasileiros indispensáveis aos seus integrantes, contribuirá para a solução dos graves problemas vivenciados hoje no Tradicionalismo Gaúcho do Brasil. Alguns desses Esteios e Palanques da Antiga Tradição do Rio Grande, por meio de suas conscientes e tradicionalistas Patronagens, assim têm procedido, contribuindo para a preservação e a continuidade do antigo Patrimônio Cultural Regionalista-tradicional dos Gaúchos Brasileiros. A todos esses Tradicionalistas Gaúchos, que cumprem seus deveres institucional-estatutários e suas obrigações morais e culturais, o nosso devido reconhecimento. Para esses a Tradição Gaúcha Sul-rio-grandense deixa de ser um meio de exploração para ser o que ela realmente é: um antigo e rico Patrimônio Sociológico-tradicional a ser preservado, conservado, pelo Estado do Rio Grande do Sul, pelos Sul-rio-grandenses, o Brasil e todo o Povo Brasileiro!

 

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
21/10/2011 16:31:29 joaquimpereiradesouza - Maringá / PR - Brasil
Estou tentando entrar...
Sítio: *****
19/10/2007 22:49:38 Grasiela C. G Perez - Boa-Vista / RR - Brasil
Boa Noite a todos os tradicionalistas de plantão! Sempre entro neste site maravilhoso, para ficar atualizada de tudo o que acontece em nosso tradicionalismo. Mas quero, na verdade, fazer um convite a todos que entram no sítio, para entrarem mais na sala de bate-papo, pois todos têm em comum a mesma paixão. Então, assunto é que não vai faltar, com certeza. Um grande abraço especial a todos os tradicionalistas!
Sítio: *****
19/10/2006 15:03:00 Euraclides Gonçalves da Silva - Brasilia / DF - Brasil
Caríssimos irmãos, xirus & prendas de toda esta nação. É com grande satisfação que faço este comentário. E o faço de alma e de coração. Não é preciso nascer no RS, para ser um gaúcho de verdade; basta trazer na alma o espírito de um pampeano e nas veias o sangue Minuano!
Sítio: *****
Listados 3 Comentários!
Untitled Document