Usuário:
 
  Senha:
 
 

Os Muuripás:
Canção do Gaúcho, Amargo, Felicidade,
Piazito Carreteiro e Prenda Minha

 

04/11/2006 10:34:41
OS FINS CULTURAIS DO MTG BRASILEIRO!
 
Tradição Gaúcha Brasileira: retransmissão preservada,
para as novas e futuras gerações, dos antigos usos e costumes regionais
dos antepassados gaúchos pampeanos do Rio Grande do Sul!
............................................................................

Os Princípios Tradicionalistas não deixam dúvidas que os reais Fins Culturais do Tradicionalismo Gaúcho Brasileiro organizado são os de culto, zelo, preservação, retransmissão e adequada divulgação, para o mundo, das autênticas, das antigas Tradições Regionais dos Antepassados Gaúchos Campeiros do Pampa do Rio Grande do Sul. Se há distorções na atuação do Tradicionalismo, estas se devem aos desvios de finalidade de alguns calaveiras que integram o MTG, os quais longe estão de serem considerados Tradicionalistas Gaúchos Brasileiros. Interesses diversos como o econômico-financeiro, o político-partidário eleitoreiro, o pessoal e o comercial de grupos alheios ao Fim Maior do Tradicionalismo podem ser apontados como os principais desvirtuadores da finalidade preservacionista desse Movimento Cultural e, por consequência, do antigo Patrimônio Sociológico-tradicional do Estado e do Povo Gaúcho do Rio Grande do SulRelaxamentos procedimentais no MTG e interesseiras flexibilizações foram, na maioria das vezes, provocados, instituídos, permitidos, aceitos e incentivados por pseudostradicionalistas, dirigentes e dirigidos, alguns deles encastelados - e não sem motivos - nos Órgãos Tradicionalistas Federativos. Outros, com motivos semelhantes e mais econômico-financeiros, nas Entidades Culturais sem fins lucrativos filiadas a esse MTG Brasileiro organizado. O Tradicionalismo Gaúcho, nesses casos, continua sendo usado e viciado por quem não é, nunca foi e jamais virá a ser verdadeiramente um Tradicionalista Gaúcho Brasileiro. Por isso, as alterações regulamentares aprovadas na 6a Convenção Tradicionalista da Confederação Brasileira da Tradição Gaúcha - CBTG, em 2006, apesar de toda a redundância que carregam, diante da clareza de propósitos da Carta de Princípios do Tradicionalismo, acabam tendo alguma relevância, muito embora se saiba de antemão que aquelas disposições regulamentares não serão observadas pelos Calaveiras do MTG Brasileiro e os Chambões das suas Entidades Tradicionalistas filiadas. Tais regras, no entanto, podem muito bem servir para fundamentar, ainda mais, a cobrança junto aos Órgãos Tradicionalistas, com poder-dever de fiscalização, e às ações dos Cidadãos Tradicionalistas Gaúchos filiados ao Tradicionalismo, na devida e efetiva aplicação daquelas deliberações, as quais não passam de óbvios esclarecimentos daquilo que há muito já está definido na própria Doutrina Tradicionalista Gaúcha Brasileira. É nesse sentido que o Regulamento-geral da CBTG propugnou-se a esclarecer, conforme a disposição regulamentar constante do art. 187 e seu parágrafo, que nas dependências de CTGs, Parques de Eventos ou locais onde se realizem Atividades Tradicionalistas não será permitido o funcionamento de tendas ou similares que comercializem objetos não condizentes com a antiga e campeira Tradição Regional Gaúcha do Pampa do Rio Grande do Sul; nem a realização de provas, espetáculos ou a execução de ritmos musicais não gauchescos e não regulamentados, salvo quando em homenagem às etnias formadoras do Povo Gaúcho ou do Folclore local (é de se observar que no MTG Brasileiro o folclore a ser cultuado é o nativo do Pampa Sul-brasileiro; e que as etnias citadas são relativas ao Povo Gaúcho e não ao Povo Sul-rio-grandense, como querem fazer crer os comercialistas que organizam os terceirizados Desfiles Farroupilhas e outros eventos públicos do RS e do Tradicionalismo Gaúcho Brasileiro); que as sedes sociais de Entidades Tradicionalistas poderão ser locadas ou cedidas em comodato para eventos sociais, desde que estes não atentem contra a Ética Tradicionalista. Da mesma forma, e atendendo à necessidade de melhor esclarecer a respeito dos Fins Culturais do Tradicionalismo Gaúcho Brasileiro, é que o art. 188 do referido Regulamento reforça a informação a todos os que se encontram vinculados ao MTG Brasileiro organizado, que na promoção de Fandangos Gaúchos o CTG e as demais Entidades Tradicionalistas deverão exigir que: 1) os participantes estejam devidamente pilchados ou em traje social conveniente; 2) não se use chapéu, boina ou qualquer cobertura na cabeça nem tirador, armas brancas ou de fogo, chinelo, alpargatas e demais objetos de uso campeiro; 3) os fandangos sejam realizados em salões bem iluminados e os pares não poderão dançar com comportamentos que agridam ao respeito, à moral e aos bons costumes da antiga Tradição dos Antepassados Gaúchos Campeiros do Pampa do Rio Grande do Sul; 4) os conjuntos regionalistas ou similares não pratiquem em suas apresentações artifícios estranhos ao Tradicionalismo Gaúcho, nas dependências dos CTGs (leia-se efeitos de gelo seco e de luzes, próprios dos eventos essencialmente comerciais não tradicionais nem tradicionalistas, a escuridão das boates e as imagens dos participantes projetadas nas paredes); 5) nos contratos dos conjuntos musicais sejam mencionados os seguintes itens: pilcha autêntica dos integrantes do conjunto, repertório de músicas gauchescas tocadas no compasso gaúcho (acrescente-se, por oportuno: e com o conteúdo compatível com a moralidade e os bons costumes da antiga Tradição dos Campeiros Pampeanos do Sul do Brasil) e a previsão de que o som em altura exagerada deverá ser evitado. Assim, nunca é demais relembrar a todos os que se dizem Tradicionalistas Gaúchos Brasileiros - ou porque membros de Patronagens de CTGs e de outras Entidades Tradicionalistas, ou porque sócios ou empregados destas - que o culto, o cultivo, o zelo, a defesa, a preservação, a retransmissão e a correta divulgação das autênticas, das antigas Tradições dos Antepassados Gaúchos Interioranos do Pampa Sul-brasileiro devem estar abalizados naqueles Princípios Básicos da Filosofia de Atuação do MTGcujos postulados visam a nortear todas as atividades tradicionalistas gaúchas. Pois a Filosofia do Tradicionalismo Gaúcho do Brasil jamais deixou qualquer dúvida a respeito de seus objetivos e fins, considerado que é o Maior Movimento Cultural Regionalista-tradicional das Américas e, quiçá, do mundo. Entretanto, de nada serve tal título se o próprio MTG, constituído por suas Entidades filiadas, não cumpre o seu dever institucional-estatutário e filosófico de preservar, efetivamente, o Núcleo da Formação Gaúcha Sul-rio-grandense, fundado na região do Pampa Sul-brasileiro, o antigo Patrimonio Sociológico-tradicional oriundo dos Antepassados Gaúchos Campeiros da referida região pampeana sul-rio-grandense, e a sua própria Filosofia de Atuação decorrente da sua Carta de Princípios, criando as barreiras necessárias a tudo aquilo que for diametralmente oposto ou antagônico aos autênticos usos e costumes tradicionais dos Gaúchos Campeiros do Pampa Sul-rio-grandense e aos pendores naturais do Povo Gaúcho Sul-rio-grandense (item V da Carta de Princípios do MTG)). Objetivos e Princípios Tradicionalistas como estes integram os Postulados Básicos que alicerçam a Finalidade Cultural do MTG Brasileiro organizado. Primeiro eles devem ser conhecidos, para depois poderem ser observados e respeitados por todos os que integram o Movimento Tradicionalista Gaúcho Brasileiro, inclusive pelos frequentadores do Tradicionalismo que não são Tradicionalistas Gaúchos, tudo por uma questão de respeito aos verdadeiros Fins Culturais Tradicionalistas de culto, zelo, preservação, retransmissão e adequada divulgação, para o mundo, das autênticas, das antigas Tradições Regionais dos Antepassados Gaúchos Campeiros do Pampa do Rio Grande do Sul!

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
04/11/2008 11:43:45 Francisco Vicente - Campo Grande / MS - Brasil
Olá, Pessoal! Por gentileza, será que alguém poderia me enviar por e-mail algumas músicas rancheira para que eu possa gravá-las em um cd, pq que o meu professor possa iniciar as aulas desse tipo de dança para a nossa turma. Se alguém puder me ajudar agradeço. Um abraço! Francisco - Campo Grande-MS - e-mail: fvicentems@ibest.com.br
Sítio: *****
17/07/2008 21:51:34 Marcorélio Leal Lima - Pinheiro Machado / RS - Brasil
Diante deste sítio fico muito satisfeito por ver a cultivação da tradição gauchesca, neste mundo a fora. Também pertenço a uma entidade tradicionalista, o C.C.T.G - LILLA ALVES, da cidade de Pinheiro Machado/RS, onde meus filhos participam de Invernadas de Danças Tradicionais Gaúchas, aonde minha filha caçula concorre ao cargo de Prenda Mirim 2008 da entidade, como também o meu filho menor, que concorre a Piazito. Um abraço a todos os Tradicionalistas deste meu Brasil e, principalmente, do meu Rio Grande do Sul!
Sítio: *****
06/11/2006 10:23:09 José Itajaú Oleques Teixeira - Guará / DF - Brasil
Prezado Valdemar. Agrademos a gentileza da tua informação. Embora seja do nosso conhecimento o referido endereço eletrônico, a divulgação dele é importante para aqueles que desejam conhecer novas poesias. Quanto ao BL, reiteramos que a nossa proposta não é a de reunir todas as poesias gaúchas disponíveis no espaço correspondente, mas a de estimular a participação de poetas e visitantes, para que os mesmos enviem as suas poesias preferidas. Assim, com a contribuição efetiva de autores e amantes da poesia crioula da tradição gaúcha brasieira é que o nosso espaço cultural seguirá expondo neste sítio as composições poéticas gauchescas recebidas, sempre com o valor agregado da "colaboração participativa" dos amigos visitantes. Muito obrigado! Saudações Tradicionalistas e um quebra-costelas cinchado a esse prezado Tradicionalista-colaborador do BL!
Sítio: http://www.bombachalarga.com.br
06/11/2006 09:45:33 Valdemar Engroff - Alvorada / RS - Brasil
Prezados Henrique e José Itajaú. O sítio Juntando Rimas, do capataz das atualizações do sítio oficial da 1ª Região Tradicionalista do RS - www.primeiraregiaors.ubbi.com.br disponibiliza aos internautas o sítio www.juntandorimas.ubbi.com.br. Lá encontrarão mais de 250 poemas gauchescos e outros chasques de divulgação que envolvem a poeisa gaúcha como festivais e eventos culturais afins. Dêem uma camperiada por lá..... Valdemar Engroff - diretor de divulgação da 1ª Região Tradicionalista do RS
Sítio: http://www.valdemargauderio.ubbi.com.br
05/11/2006 23:31:35 José Itajaú Oleques Teixeira - Guará / DF - Brasil
Prezado Henrique. O sítio Bombacha Larga agradece a tua honrosa visita e o comentário postado. As 71 poesias postadas são, na sua grande maioria, uma contribuição de nossos visitantes. A preferência deste espaço é por poesias novas ou inéditas. Se quiseres colaborar com este espaço cultural, enviando poesias da tua lavra ou do teu gosto, desde já agradecemos a gentileza da contribuição. Saudações Tradicionalistas e um quebra-costelas cinchado!
Sítio: http://www.bombachalarga.com.br
05/11/2006 15:06:04 henrique rosenthal - parobe / RS - Brasil
tenho uma sugestão a dar quanto as poesias,o site e muito bom ,mas deveria ter um pouco mais de poesias.falta um pouco mais de conteudo. mas no mais parabens pelo site e seu objetivo... abraço a todos!
Sítio: *****
Listados 6 Comentários!
Untitled Document