Usuário:
 
  Senha:
 
 

Tchê Barbaridade:
O Rio Grande me criou, de Walther Morais
Volmir Dutra e Marcelo Noms

 

29/11/2006 06:41:30
O CTG E A PRESERVAÇÃO DA TRADIÇÃO GAÚCHA BRASILEIRA!
 
Tradição Gaúcha Sul-rio-grandense: herança cultural regionalista
preservada e retransmitida, de pais para filhos, de geração em geração!
............................................................................

Um Centro das Tradições Gaúchas oriundas do Pampa do Rio Grande do Sul é uma Entidade Cultural sem fins lucrativos, e como Sociedade Tradicionalista deve promover eventos com ênfase nas ações de culto, zelo, preservação, retransmissão e adequada divulgação do Patrimônio Sociológico-tradicional Gaúcho Sul-rio-grandense. Além do tradicional churrasco e da culinária pampeira do Rio Grande do Sul, da dança galponeira no compasso verdadeiramente gaúcho e das apresentações informativas de danças folclóricas, é de serem valorizados, dentre outros aspectos culturais da Tradição dos Gaúchos Campeiros do Pampa Sul-brasileiro, e de forma organizada, a declamação, o causo, a trova, a execução de instrumentos musicais realmente típicos, o teatro com peças de conteúdo regionalista-tradicional, e, portanto, moral. Nesse sentido, as Domingueiras são uma boa oportunidade, também, para a prática e a divulgação das lidas campeiras e seus apetrechos, assim como dos jogos gaúchos tradicionais, os quais não devem ser confundidos com a bocha, o bolão e outros indevidamente introduzidos no Meio Tradicionalista Gaúcho Brasileiro por razões políticas, pessoais ou comerciais. Um cavalo, para que crianças e adultos possam, com o competente assessoramento e o responsável cuidado, encilhar e montar; uma vaca parada, para que piazitos pratiquem a arte de laçar; a disponibilidade de brincadeiras tradicionais, orientadas e monitoradas; a organização de jogos como a tava, dentre outras atividades tradicionais, antigas, servem para acrescentar aos visitantes e participantes dos triviais - e, em muitos casos, meramente comerciais -, Churrascos de CTG as informações mais fidedignas possíveis a respeito da antiga Tradição Regional dos Gaúchos Campeiros do Pampa do Rio Grande do Sul. A arrecadação de fundos para a manutenção de Entidades Tradicionalistas é, sem dúvida alguma, necessária, mas esse fato não deve obscurecer o dever cultural dessas Sociedades Tradicionalistas de promoverem o culto, o zelo, a preservação, a retransmissão e a correta divulgação desse Patrimônio Sociológico-tradicional do Estado do Rio Grande do Sul, constituído pelas autênticas, antigas e regionais Tradições dos Gaúchos Campeiros do Sul do Brasil!

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
29/11/2007 15:26:30 José Itajaú Oleques Teixeira - Brasília / DF - Brasil
Prezada Maribel Monteiro de Boer. O sítio Bombacha Larga agradece a tua honrosa visita e o oportuno comentário postado neste espaço cultural tradicionalista gaúcho. Não conhecemos a situação do referido Departamento de Tradições Gaúchas. Se o mesmo não estiver registrado no Movimento Tradicionalista Gaúcho do RS, liberado estará para agir conforme a consciência de seus dirigentes. Contudo, a confirmar-se a informação publicada no sítio Chasque Pampeano de que a referida Entidade Tradicionalista Gaúcha estaria vinculada àquele Órgão Tradicionalista, então ela deverá, ou deveria, observar os regulamentos do Tradicionalismo organizado a que pertence, como o Regulamento Geral da CBTG-Confederação Brasileira da Tradição Gaúcha, cujo Art. 187 dispõe: “Nas dependências de CTGs, parques de eventos ou locais onde se realizam atividades tradicionalistas não será permitido o funcionamento de tendas ou similares que comercializem objetos não condizentes com a tradição gaúcha nem a realização de provas, shows e execução de ritmos musicais não gauchescos e não regulamentados, salvo quando em homenagem às etnias formadoras do povo gaúcho ou do folclore local. Parágrafo único: As sedes sociais de entidades tradicionalistas poderão ser locadas ou cedidas em comodato para eventos sociais que não atentem contra a ética tradicionalista”; e Art. 188: “Na promoção de fandangos, o CTG deverá exigir que: I. os participantes estejam devidamente pilchados ou em traje social convenientes; II. não se use chapéu, boina ou qualquer cobertura, tirador, armas brancas ou de fogo, chinelo, alpargatas e demais objetos de uso campeiro; III. os fandangos sejam realizados em salões bem iluminados e os pares não poderão dançar com comportamentos que agridam o respeito, a moral e os bons costumes; IV. os conjuntos regionalistas ou similares não apresentem em seus shows artifícios estranhos ao tradicionalismo gaúcho, nas dependências dos CTGs; V. nos contratos dos conjuntos musicais sejam mencionados os seguintes itens: pilcha autêntica dos integrantes do conjunto, repertório de músicas gauchescas tocadas no compasso gaúcho e evitar som em altura exagerada”. Portanto, se o DTG Rancho da Amizade for uma Entidade Tradicionalista vinculada ao MTG/RS, embora sediado na CEVALE, deverá cumprir os regulamentos tradicionalistas, como qualquer outra, sob pena de transgredir a Filosofia Tradicionalista que rege a própria entidade e de estar, dissimuladamente, violando preceitos regulamentares que deveria observar, na condição de Departamento de Tradições Gaúchas e cujo Estatuto certamente prevê a sua destinação de Entidade Tradicionalista com fins de culto, preservação, defesa e divulgação das autênticas Tradições do Povo Gaúcho Sul-Rio-Grandense! Entretanto, caso o DTG Rancho da Amizade não tenha ligação alguma com o MTG/RS cabe-nos, então, pedir de público as devidas escusas pela errônea divulgação, ficando os seus diretores com toda a liberdade para fazerem o que bem entenderem dentro dessa Entidade Tradicionalista Gaúcha do Estado do nosso Gaúcho e Grande Rio Grande do Sul! Saudações Tradicionalistas e um quebra-costelas cinchado!
Sítio: http://www.bombachalarga.com.br
29/11/2007 14:37:08 Maribel Monteiro de Boer - Gravataí / RS - Brasil
Gostaria de informar os leitores desta página, que o evento que acontecerá no dia 30/11/07, conhecido como Baile da Cerveja, não tem nada haver com o DTG Rancho da Amizade, pois sim com a Associação CEVALE o qual ele é integrado, cujo a sede é da mesma.Com isto deixo todos informados que a Associação CEVALE é legalmente registrada conforme a lei manda, tanto nos órgãos municipais e federal. Sendo que o Departamento foi criado para que possamos junto com a comunidade cultivar a Tradição e futuramente termos um espaço reservado para o mesmo. Com isto espero que o mal entendido esteja bem esclarecido aos interessados.
Sítio: http://www.chasquepampeano.com.br
29/11/2006 17:15:40 geraldo magela eufrázio - Maracanaú / CE - Brasil
Os novos vídeos que estão no site estão um show! Valeu! Vocês, de todos os sites e CTGs que conheço, são os únicos que divulgam as suas danças de forma tão explícitas e autênticas. Mais uma vez, vocês estão de parabéns! E lembrem-se: "Um homem sem cultura é um Homem sem nome"!
Sítio: http://magelasamantajuan@hotmail.com
Listados 3 Comentários!
Untitled Document