Usuário:
 
  Senha:
 
 

Grupo Minuano:
Surungo de Candeeiro,
de João Luiz Corrêa

 

28/08/2005 13:37:28
AS VERDADEIRAS CAUSAS DA REVOLUÇÃO FARROUPILHA!
 
Invernada de Danças do CTG 8 de Dezembro, de Curitiba-PR!
............................................................................

... Para completar o quadro caótico, em 1835 havia a política. No Rio Grande do Sul se enfrentavam asperamente o Partido Conservador, pró-Portugal, e que sonhava com a volta de D. Pedro I, em cujas fileiras pontificavam militares e comerciantes portugueses. Do outro lado, o Partido Liberal, que reunia lideranças militares de segunda linha, maçons e profissionais liberais. Não havia uma escola pública da província, em 1835. Nem uma ponte. A população era de 150.000 habitantes, entre brancos, índios e escravos. Havia quatorze municípios, apenas; comarcas, vilas e poucos jornais. Os ricos mandavam os filhos estudarem na Europa. A grande maioria das mulheres não sabia ler. A capital gaúcha, com 15.000 habitantes, fervilhava. Nas ruas e nas praças aconteciam enfrentamentos entre os grupos, com ferimentos e até mortes. Esse era o clima político da capital de todos os gaúchos, no começo de 1835. Tumultos em Rio Pardo, pelo assassinato do Juiz de Paz Casemiro de Vasconcelos Cirne, do Partido Conservador; homem valente, que alvejou um grupo de mascarados dentro do seu gabinete e foi morto por eles. As agitações no Rio Pardo e na Cachoeira duraram muitos dias e repercutiram em Porto Alegre... (Nacos de História, Agenda Gaúcha 2005, de Dorotéo Fagundes)

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
NENHUM COMENTÁRIO ATÉ O PRESENTE MOMENTO!
Untitled Document