Usuário:
 
  Senha:
 
 

Os Monarcas:
Imortal Honeyde Bertussi

 

08/10/2007 08:39:13
HONEYDE BERTUSSI: O CANCIONEIRO DAS COXILHAS DO RIO GRANDE!
 
Adelar e Honeyde Bertussi: Patrimônio da Música Regionalista-tradicional
dos Gaúchos Campeiros do Sul do Brasil!
............................................................................

O Cancioneiro das Coxilhas do Rio Grande do Sul, Honeyde Bertussi - conforme nos informa a pesquisadora Rose Mari Da Sois Fetter - nasceu aos 20 de fevereiro de 1923, no Distrito de Criúva, então localidade de São Jorge, no município de São Francisco de Paula-RS. Já aos quatro anos de idade ganhou de presente de seu pai, Fioravante Bertussi, uma gaita de quatro baixos. Com o tempo, aprendeu a tocar violão e gaita de boca. Após a realização de seus estudos na cidade de Vacaria, onde concluiu o 2º Grau, Honeyde retornou ao campo, casando-se no mês de março de 1941 com Haydee Vacchi. Em 1942 adquiriu o seu primeiro acordeom. Aos oito de maio de 1942 tocou o seu primeiro baile e em 1943 compôs a canção Cancioneiro das Coxilhas, sua música predileta. Em 1945 integrou o conjunto formado pela família, junto ao pai Fioravante e seus três irmãos: Valmor, Wilson e Adelar.  Em 1955 consagrou-se com Os Irmãos Bertussi, gravando junto com o irmão Adelar centenas de músicas e viajando por todo o Brasil, passando a ser conhecidos como a melhor dupla de todos os tempos. Por intermédio do Rádio invadiram os lares do Sul do país, com sucessos como Coração Gaúcho, São Francisco é Terra Boa, Filho da Saudade, Oh de Casa, Casamento da Doralícia, Cancioneiro das Coxilhas, O Tropeiro e muitas outras. Fazendo parte da Rádio Caxias, Honeyde foi um dos pioneiros dos programas radiofônicos ao vivo. Cantava e tocava músicas regionais, sempre mostrando a rica História do Rio Grande do Sul: aquela que fora escrita à ponta de lança e a cascos de cavalos. E nunca deixou que seus filhos ficassem sem o incentivo necessário ao culto tradicionalista gaúcho. Hoje, enfatiza a professora Rose, devemos todos enaltecer e agradecer ao imortal Honeyde Bertussi, que tão brilhantemente conduziu a nossa história musical sul-rio-grandense, incentivando e conservando, junto aos Centros de Tradições Gaúchas, o gosto pela música tradicional e pelo Regionalismo Gaúcho do Rio Grande do Sul. Foi no dia 4 de janeiro de 1996 que o Patrão Velho das Alturas o chamou para tocar em outros rincões. Com a professora Rose Mari, também agradecemos ao Honeyde Bertussi, por ter passado, chegado e se arrinconado nos Pagos do Sul; pela presença forte e vibrante na mente e nos corações dos gaúchos brasileiros. A ele o nosso obrigado pelos exemplos de vida, pelo culto e difusão de nossa História, da nossa Cultura Regional, da nossa formação social, do nosso folclore e da nossa querida Tradição Gaúcha Sul-rio-grandense. No Rio Grande do Sul ele viveu de saudades, cantando para alegrar a todos os gaúchos brasileiros. Agora, em outra querência, certamente que continua a zelar pelas coisas tradicionais que tanto amou e defendeu neste plano terrestre. Foi e sempre será um marco na nossa Tradição Regional Sul-brasileira. E mesmo estando fisicamente ausente deste mundo terreno, com certeza segue montado em seu baio; e numa marcha troteada atravessa as canhadas, louvando seu Pago Sulino na Grande Estância Celeste. Ao partir, o Cancioneiro das Coxilhas do Rio Grande do Sul jogou a encilha no lombo do cavalo e tristemente despediu-se do Povo Gaúcho Brasileiro. Agora, Honeyde Bertussi é o Cancioneiro do Céu! (Fonte: Honeyde Bertussi, de Rose Mari Da Sois - Professora e Pesquisadora)

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
09/03/2009 22:04:42 ANTONIO LOCATELLI - CURITIBA / PR - Brasil
GAÚCHO EU SOU. EU SOU GAÚCHO. CRESCI OUVINDO AS MÚSICAS QUE EMBALARAM O NAMORO DE MEUS PAIS. ESTE MÚSICO, CANTOR, COMPOSITOR E INTÉRPRETE GAÚCHO É REFERÊNCIA DE NOSSA GENTE. SIMPLICIDADE, TRABALHO E HOSPITALIDADE. ESTAS VIRTUDES FORAM, SÃO E DEVERÃO SER PARA NOSSOS FILHOS FONTE DE INSPIRAÇÃO. OH, DE CASA... OOOH, DE CAASA...
Sítio: *****
28/01/2009 09:25:01 carlos jose smiderle - são miguel do iguaçu / PR - Brasil
Há controvérsias quanto ao local de nascimento de Honeyde Bertussi. Uns dizem que é S.Francisco de Paula e outros S.S. do Caí; acredito que a Rose Mari da Sois está correta.
Sítio: *****
01/05/2008 20:17:12 Dionatan dos Santos - São Francisco de Paula / RS - Brasil
Primeiramente, como apreciador das músicas desse artista de altíssima qualidade, encontrada em poucos, pelo seu irmão, digo que sou um novo admirador deste homem que consagrou a música gaúcha e o nome de meu município. Devo dizer que é totalmente inaceitável o esquecimento dos nossos costumes, nossas tradições, nossos ideais, pela nossa juventude rio-grandense. Falo como um jovem de 16 anos, que não é filho de fazendeiro, não sabe laçar, não tem fazenda, mas apenas conserva a tradição do seu povo, povo este do qual faz parte, e tem orgulho de ser gaúcho e que aprecia qualquer forma de manifestação gaúcha; que não acha "caretice" preservar aquilo que é bom e de origem, como dizem amigos meus, que não aparentam ser gaúchos, por não valorizarem nossos antigos, andando pilchados pelas ruas, a demonstração mais linda de orgulho à querência. Não acho retrógradas as músicas nem as idéias desses homens que marcaram a História e ainda a marcam. Sou apenas mais um no meio de muitos, que busca resgatar, de forma orgulhosa, as tradições do nosso Pago...
Sítio: *****
13/01/2008 23:57:26 Geraldo Gaiteiro - Blumenau / SC - Brasil
12/01/2008 - 23.40hs. Obrigado Honeyde, por todos os trabalhos que fizeste. A tua música foi de grande valor para mim. Catarinense, gosto de tocar músicas dos Irmãos Bertussi. Tu foste a maior autoridade e a autenticidade do Rio Grande. Que Deus o abençoe, lá NOS PAGOS DO CÉU!
Sítio: *****
02/01/2008 16:41:29 Lucas Moraes Teixeira - São Francisco de Paula / RS - Brasil
Às vezes, penso que é bom o Honeyde Bertussi não estar aqui para ver o rumo que a música gaúcha está tomando, pois este grande gaiteiro nunca entrou nos toques da moda. Saudades de honeyde Bertussi...
Sítio: *****
05/12/2007 22:10:56 Maria Terezinha Stuani Pauletti - Flores da Cunha / RS - Brasil
É muito emocionante ouvir Os Bertussi. Sempre os ouço. Lembra-me a minha infância muito feliz, na colônia, quando minha família ouvia as músicas destes grandes artistas, todos os dias, na hora do descanço do meio-dia, antes de ir para o trabalho. Lembro disso com muita saudade. Peço ao Patrão do Céu que abençõe estes grandes valores da nossa música, e que tenha a seu lado, para tocar e cantar, o querido Honeyde. Um beijo cheio de saudade. Maria
Sítio: *****
25/10/2007 21:26:20 José Itajaú Oleques Teixeira - Guará / DF - Brasil
Prezado Arão Scheidt. O sítio Bombacha Larga agradece a tua prestimosa colaboração e informa-te que o erro material já foi consertado. Saudações Tradicionalistas e um quebra-costelas cinchado!
Sítio: http://www.bombachalarga.com.br
25/10/2007 16:01:10 Arão Scheidt - São José / SC - Brasil
A data da morte do Honeyde é 1996 e não 1998 como está no texto.
Sítio: http://www.cantuaria.net
08/10/2007 22:47:06 ´Celso José Kuligoski - Curitiba / PR - Brasil
Conheci a história do Honeyde através de seus discos e por outros artistas, que foram privilegiados de conviver com ele, como Gildinho, seu Irmão Adelar, Acioly Machado e outros. Hoje, tenho grande alegria de ser aluno e amigo do seguimento que o Honeyde nos deixou: o seu irmão Adelar Bertussi. Celso José
Sítio: *****
08/10/2007 19:31:06 Milton - Formosa / GO - Brasil
Foi gratificante ler este texto, com o fundo musical "Oh de casa". Encilhando a saudade, e montado nela, voltei aos tempos de guri. Eram poucos os que tinham uma vitrola, e eram as ondas do rádio que nos traziam as belas canções dos Irmãos Bertussi. Hoje, recordando esses momentos, tenho certeza que ali nascia, e ao mesmo tempo crescia, o meu sentimento de amor ao gauchismo.
Sítio: *****
Listados 10 Comentários!
Untitled Document