Usuário:
 
  Senha:
 
 

Os Tiranos:
Alma de Campeiro, de Ângelo Marques,
Luiz Cláudio, Nilton Prates,
e Tio Nanato

 

07/02/2008 11:29:13
AS PRENDAS GAÚCHAS E OS PEÕES FARROUPILHAS DO MTG!
 
Juventude Tradicionalista: na luta pela defesa e preservação
das antigas e regionais Tradições dos Gaúchos Sul-brasileiros!
............................................................................

Todos os integrantes do Movimento Tradicionalista Gaúcho Brasileiro organizado devem - ou deveriam - preservar, retransmitir e corretamente divulgar, para o Brasil e o mundo, as antigas e regionais Tradições dos Antepassados Gaúchos Campeiros do Pampa do Rio Grande do SulAs Prendas Gaúchas e os Peões Farroupilhas do MTG Brasileiro são e devem agir como reais representantes de seus respectivos Órgãos e Entidades Tradicionalistas. Mediante concurso, ocupam cargos, ostentam faixas ou crachás e participam de Encontros e Seminários. Seus deveres são os mesmos de todos os que ocupam cargos no Tradicionalismo organizado. Suas responsabilidades não se limitam à simples ostentação de símbolos, à fictícia e irreal representação de suas Entidades Tradicionalistas nos eventos sociais, festivos e culturais. Nos dias hodiernos, quando suas Sociedades se transformam em Oscips - Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público, recebendo recursos do erário e realizando, muitas vezes, atos de responsabilidade estatal, mais do que nunca eles e todos os verdadeiros Tradicionalistas hão de primar pelo cumprimento da Filosofia de Atuação contida na Carta de Princípios do Tradicionalismo Gaúcho Brasileiro que a todos abriga. Como tradicionalistas que são eles não devem - ou não deveriam -permitir que o mercado do turismo e seus coloridos desfiles descaracterizem a História e o Regionalismo Gaúcho do Rio Grande do Sul. Nem que os mercados sem fronteiras corrompam, com as indevidas parcerias dos politiqueiros e dos falsos tradicionalistas, a antiga Cultura Regionalista-tradicional dos Gaúchos Sul-brasileiros. Com o conhecimento que têm, todos devem primar pela Educação Tradicionalista nas Entidades Culturais do MTG. Peões e Prendas certamente que não foram eleitos para atuar como meras peças figurativas no Movimento Tradicionalista Gaúcho Brasileiro. É deles, também, a incumbência de promover a Consciência Tradicionalista, aquela mesma que Jarbas Lima disse estar crescendo entre os Tradicionalistas, na sua tese O Sentido e o Alcance Social do Tradicionalismo Gaúcho. Antes de outros deveres, como os ambientais, por exemplo, estão os Deveres Tradicionalistas de debater a influência da Exploração Político-eleitoreira e Econômico-financeira na Identidade Cultural dos Gaúchos Sul-brasileiros; de discutir a Ética Tradicionalista e as questões cruciais da indevida e criminosa flexibilização da Filosofia de Atuação Cultural do MTG do Brasil. Além das faixas e crachás, conquistados com mérito e esforços intelectuais próprios, devem todos, Prendas e Peões do Tradicionalismo Gaúcho Brasileiro, estar conscientizados do valor da preservação das genuínas, das verdadeiras, antigas, Tradições Regionais dos Gaúchos Campeiros do Pampa do Rio Grande do Sul. E o mínimo que se espera do MTG Brasileiro é que eles estejam sendo apoiados em seus projetos culturais, cujos conteúdos não envolvam nem interesses pessoais nem financeiros nem comerciais, de procedências urbanas ou estrangeiras. Afinal, os comprovados conhecimentos tradicionalistas das Prendas Gaúchas e dos Peões Farroupilhas do Tradicionalismo, demonstrados em concurso, não devem falhar perante o cumprimento de suas finalidades específicas. Suas Consciências Regionalista-tradicionais Gaúchas Sul-rio-grandenses, suas preocupações e efetivas contribuições direcionadas à concretização dos Fins Culturais do MTG Brasileiro devem ser sempre apoiadas, em nome dos atos de preservação, retransmissão e correta divulgação das antigas, regionais e autênticas Tradições dos Gaúchos Campeiros do Sul do Brasil! 

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
NENHUM COMENTÁRIO ATÉ O PRESENTE MOMENTO!
Untitled Document