Usuário:
 
  Senha:
 
 

Iedo Silva:
Homem do Pampa

 

06/05/2008 10:23:54
A ANTIGA E REGIONAL TRADIÇÃO GAÚCHA DO PAMPA SUL-BRASILEIRO!
 
MTG Brasileiro: Fim Cultural de culto, defesa, zelo, preservação
retransmissão e correta divulgação da antiga Tradição
dos Antepassados Gaúchos Campeiros do Pampa do RS!
............................................................................

O Movimento Tradicionalista Gaúcho Brasileiro encontra-se vinculado à antiga Tradição Regional do Estado do Rio Grande do Sul, fundada no Núcleo da Formação Gaúcha Sul-rio-grandense - a região do Pampa Sul-brasileiro -, isto é, na vivência campesina dos antepassados gaúchos pampeanos do Sul do Brasil. Nesse ambiente interiorano é que surgiram os usos e os costumes tradicionais, os adágios, o vocabulário próprio, a dança e a música regional gauchesca, as atividades peculiares da região e os demais aspectos do modo de vida dos antepassados gaúchos da Pampa do Rio Grande do Sul. Todo esse acervo cultural regionalista-tradicional de formação centenária é que constitui a Tradição dos Gaúchos Brasileiros, pois só é tradição aquilo que é antigo e repassado, de pais para filhos, pelo tempo, por todo o povo de uma região. Por conseguinte, os modismos urbanos e as importações atuais, e as imposições comerciais patrocinadas pelos mercados musical-sem fronteiras, mercosur-crioulista, comercial-nativista, tchesista-urbano, country-texa-sertanejo e outros não são da antiga, regional e campeira Tradição dos Gaúchos do Rio Grande do Sul e, por isso, não podem ser eles considerados Tradição Gaúcha do Estado Garrão-sul do Brasil. Dessa forma, por ferirem a autenticidade do antigo Patrimônio Sociológico-tradicional Gaúcho Sul-rio-grandensetais importações e criações comerciais são modismos sul-rio-grandenses, mas não Tradição do Estado e do Povo Gaúcho do Rio Grande do Sul. Assim, se tais deturpações estiveram presentes no MTG do Brasil ali não haverá culto, zelo, defesa, preservação, retransmissão e correta divulgação, para o mundo, da verdadeira, da antiga Tradição Regional dos Gaúchos Campeiros do Pampa Sul-brasileiro, mas tão-somente incoerências regionalista-tradicionais sul-rio-grandenses e impropriedades tradicionalistas gaúchas brasileiras. Por evidente, se o Fim Cultural do MTG estiver sendo corrompido por motivos de comércio, lucro, objetivos eleitoreiros e econômico-financeiros, toda essa exploração jamais poderá ser classificada como o Fim Institucional do Tradicionalismo Gaúcho Brasileiro nem considerada compatível como a regional e antiga Tradição Gaúcha do Estado do Rio Grande do Sul. Se tudo isso não está previsto na Filosofia de Atuação da Carta de Princípios e na Doutrina Finalística do Tradicionalismo, nada disso é próprio do MTG, nada disso é Tradição dos Gaúchos Brasileiros. O raciocínio lógico a todos orienta no sentido de que aquilo que não é pertencente à antiga e regional Tradição dos Gaúchos Campeiros do Pampa Sul-rio-grandense não deve fazer parte das ações culturais do Movimento Tradicionalista Gaúcho Brasileiro organizadoModismos e importações comerciais não se coadunam com os Fins Culturais do Tradicionalismo, pois o que é recente, não antigo, não pode ser tido como parte da Tradição de um povo. A deturpação, a modificação, a importação, a integração cultural, a corrupção são práticas que não podem ser equiparadas às genuínas, às autênticas, às antigas Tradições do Homem do Pampa Sul-brasileiro, aos verdadeiros usos e costumes regionalista-tradicionais dos Antepassados Gaúchos Campeiros do Pampa do Rio Grande do Sul!

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
NENHUM COMENTÁRIO ATÉ O PRESENTE MOMENTO!
Untitled Document