Usuário:
 
  Senha:
 
 

Os Fagundes - ao vivo, no Galpão Crioulo:
Canto Alegretense, de Nico e Bagre Fagundes - incompleta

 

16/09/2005 08:12:01
A CHAMA CRIOULA DA TRADIÇÃO DOS GAÚCHOS DO RIO GRANDE!
 
A chegada da Chama Crioula no Alegrete-RS, aos 14 de setembro de 2005!
............................................................................

O fogo é o símbolo da fertilidade, do calor e da claridade. Fogo é luz; é a cepa criadora da chama. Esta, o ardor, a paixão. O Fogo Símbólico expressa o sentimento patriótico de um povo aos seus símbolos, suas armas e suas riquezas: à sua Pátria. O Fogo Simbólico aquece o amor pelo chão adorado e seu passado de lutas, magistralmente aceso na Semana da Pátria. Assim como o Fogo Símbólico aquece o Sentimento Pátrio, a Chama Crioula encarna a magnitude de nossa Tradição Gaúcha Sul-rio-grandense. Visando simbolizar a ronda ao cultivo das mais caras Tradições do Rio Grande do Sul, em 1947 o folclorista Paixão Côrtes, liderando um grupo de estudantes, fundou o Departamento de Tradições Gaúchas do Grêmio Estudantil do Colégio Júlio de Castilhos, de Porto Alegre. Tomando uma centelha do Fogo Simbólico da Pátria, iniciou as Comemorações Farroupilhas e o culto à Chama Crioula da Tradição do Pampa Sul-rio-grandense, mais tarde oficializada pelo MTG - Movimento Tradicionalista Gaúcho. A primeira Chama Crioula, na primeira Semana Farroupilha - de 1947 - transformou-se num Símbolo do Gaúcho Sul-brasileiro. Esse facho, que nunca apagou nos corações dos sul-rio-grandenses, arde permanentemente nos CTGs - Centros de Tradições Gaúchas - e demais Entidades Culturais filiadas ao Tradicionalismo Gaúcho do Brasil. As Tradições Gaúchas permaneciam, assim, vivas na consciência regionalista dos Sulistas Brasileiros. Instituída estava a Chama Crioula, nativa do Estado Garrão-sul do Brasil, que haveria de encarnar o espírito heróico dos Farroupilhas; conservaria aceso os ideais de justiça e de liberdade, bandeira sempre erguida pelo Povo Sul-rio-grandense. O facho, conduzido altaneiramente pela Cavalaria GaúchaPiquetes de Cavalarianos, na abertura da Semana Farroupilha, tornou-se o símbolo da fertilidade de uma cultura regionalista-tradicional própria. Em todos os candeeiros de nosso Torrão Sul-brasileiro arde a Chama Crioula das Tradições do Pampa do Rio Grande do Sul, que representa a Alma Gaúcha Sul-brasileira! E a Ronda dessa Chama Crioula é a expressão do orgulho e do ideal dos gaúchos do Brasil. Ela também está no espírito de fertilidade, que busca a aproximação dos povos na convivência social. Contudo, o seu primordial desígnio é o de exaltar o Patrimônio Sociológico-tradicional dos Gaúchos Campeiros do Estado do Rio Grande do Sul! (Fonte de consulta: Salvador Lamberty)

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
16/09/2007 21:40:02 José Itajaú Oleques Teixeira - Guará / DF - Brasil
Prezado Xiru Deomir. O sítio Bombacha Larga agradece a tua honrosa visita e a comunicação postada neste espaço cultural tradicionalista gaúcho. Para qualquer precisão é só dar um grito por meio de mensagem eletrônica (e-mail), que fazemos um costado a esse digno agregado naquilo que for do nosso alcance. Saudações Tradicionalistas e um quebra-costelas cinchado!
Sítio: http://www.bombachalarga.com.br
16/09/2007 19:20:54 Deomir Marini - Lagoa Vermelha / RS - Brasil
BUENAS TCHÊ: Estou me aprochegando para pedir informações. Fui empossado como agregado das pilchas do Grupo Tradicionalista Heróis Farropilhas. Mas como não tenho muito conhecimento da minha responsabilidade, venho pedir se posso contar com seus préstimos. Certo da sua compreesão, agradeço.
Sítio: *****
19/09/2005 14:42:22 MARCOS FRANÇA
bah!
Sítio: *****
Listados 3 Comentários!
Untitled Document