Usuário:
 
  Senha:
 
 

Pe Gerson Schmidt:
Santo do Pampa

 

27/05/2010 17:07:44
A MISSA CRIOULA E A FILOSOFIA DO MTG BRASILEIRO!
 
MTG Brasileiro:
absoluta independência política, religiosa e racial!
............................................................................

Todas as religiões, é certo, têm a liberdade e o direito de realizar cultos tradicionalistas. Um exemplo disso é a Igreja Católica, com sua Missa Crioula criada pelo padre Paulo Aripe. Nada mais justo! A Tradição dos Gaúchos Campeiros do Pampa do Rio Grande do Sul fora toda ela forjada, basicamente, nos bons costumes e na moralidade advinda dos ensinamentos cristãos da Igreja, especialmente a Católica. Todos aqueles que nasceram na campanha do Rio Grande do Sul, em meados do séc. XX, por exemplo, lembram a distribuição de santinhos feita pelos padres a cavalo, em visita aos campeiros, aos moradores lá de fora. Entretanto, no Movimento Tradicionalista Gaúcho Brasileiro a organização de uma Missa Crioula ou de qualquer outra solenidade religiosa é de ser promovida de forma aberta a todos os seus associados. Portanto, a Missa Crioula ou qualquer outro ato religioso desenvolvido dentro de uma Entidade Tradicionalista há de ter um caráter ecumênico, ou seja, há de atender aos interesses de todos os demais integrantes da Associação Cultural Tradicionalista, cada qual com a sua crença e sua religião. É a Filosofia de Atuação do MTG Brasileiro que assim determina. A Carta de Princípios do Tradicionalismo, no item X, orienta aos Órgãos Tradicionalistas e suas Entidades Culturais filiadas no sentido de que todos devem respeitar os seus postulados iniciais, que têm como característica essencial a absoluta independência de sectarismos político, religioso e racial. Dessa forma, não pode haver separação religiosa no MTG. Naturalmente que, em sendo o Brasil, ainda, o maior país católico do mundo, nada impede que a Missa Crioula venha a ser promovida em um Centro de Tradições Gaúchas. Contudo, o ato haverá de também representar ali a crença religiosa dos demais associados não católicos, sob pena de se estar violando um dos postulados básicos do Tradicionalismo, ou seja, de se estar contrariando um dos princípios essenciais do MTG Brasileiro: o da não discriminação religiosa. A Missa Crioula – que é uma celebração católica associada ao Regionalismo Gaúcho Sul-rio-grandense – poderá contemplar junto ao celebrante, por exemplo, representantes das demais religiões. Como já acontece em situações semelhantes, ações acrescentadas e outras possíveis adaptações só contribuem para embelezar ainda mais um ato que no MTG Brasileiro, por uma questão de princípios, não pode privilegiar apenas uma ou outra religião. Porém, isso é o que vem ocorrendo com a promoção no MTG da Oração à Nossa Senhora Aparecida, importada, por interesses comerciais, do Circuito Nacional de Rodeios Country-texanos e indevidamente incorporada em determinados Eventos Tradicionalistas Gaúchos do MTG do Brasil. Assim, nos templos das diversas religiões podem ser organizados cultos relacionados à Tradição dos Gaúchos Campeiros do Pampa do Rio Grande do Sul. No entanto, a promoção no Tradicionalismo Gaúcho Brasileiro de eventos restritos tão-somente a uma determinada religião fere a sua Filosofia de Atuação, baseada no respeito a todas as crenças e a todas as religições de seus associados. O ecumenismo, portanto, é de ser enaltecido, incentivado, no MTG do Brasil. Como muitas outras iniciativas do gênero, no meio tradicionalista gaúcho essa integração religiosa revela-se não apenas salutar e harmoniosa, mas também respeitadora dos Fins Culturais e democráticos da Instituição Cultural Movimento Tradicionalista Gaúcho Brasileiro!

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
NENHUM COMENTÁRIO ATÉ O PRESENTE MOMENTO!
Untitled Document