Usuário:
 
  Senha:
 
 

Teixeirinha:
Nossa Senhora de Fátima

 

12/10/2010 12:12:35
TODAS AS NOSSAS SENHORAS SÃO A MESMA MÃE DE JESUS!
 
É vedado às Entidades filiadas ao MTG vincularem-se a qualquer atividade
político-partidária ou religiosa, assim como estabelecer distinção entre
seus membros por questões de raça, credo ou posição social.
(Art. 4° do Estatuto do MTG/RS)
............................................................................

O dia 12 de outubro, segundo dispõe a Lei Federal Nr. 6.802, de 30 de junho de 1980, é feriado nacional dedicado ao culto público e oficial à Padroeira do Brasil Nossa Senhora da Imaculada Conceição Aparecida. Como todas as demais Nossas Senhoras – achadas, invocadas, manifestadas e diversamente nominadas – Nossa Senhora Aparecida é Maria, a Mãe de Jesus de Nazaré. A origem de sua devoção data do dia 12 de outubro de 1717, na região do Porto Itaguaçu, no rio Paraíba do Sul, interior do Estado de São Paulo, onde três pescadores alçaram na rede uma imagem de Nossa Senhora; e logo após o fato peixes surgiram em abundância. O santuário encontra-se localizado em Aparecida-SP. No Brasil, é certo, às religiões é assegurado o direito de instituir seus padroeiros e os seus sagrados rituais, nos limites da licitude. No Rio Grande do Sul, em 1942, por exemplo, os bispos sul-rio-grandenses declararam Nossa Senhora Medianeira como a padroeira principal do Estado, cujo santo padroeiro é, também extra-oficialmente, São Pedro. Contudo, há muito que o Estado encontra-se separado da Igreja. Portanto, não é razoável que diante do princípio republicano da Laicidade do Estado, previsto no art. 19, I, da Constituição Federal Brasileirao nosso país ou uma unidade de nossa federação, absolutamente independentes das paixões ou das vinculações religiosas, persistam ainda privilegiando uma das muitas religiões e discriminando com esse ato os integrantes das demais e os que não professam religião alguma. O que não é também aceitável é que uma instituição cultural como o MTG Brasileiro venha a ferir a sua própria Filosofia de Atuação Tradicionalista contida no inciso X de sua Carta de Princípios e a liberdade que todos os seus cidadãos filiados têm de não concordar ou não aceitar tal imposição de santos que eventualmente não integrem suas convicções religiosas, e de não compactuar com práticas limitadoras de seus direitos a não discriminação, sejam eles ateus ou membros das inúmeras outras religiões brasileiras. Por essa razão, a Lei Nr. 6.802/80 se revela manifesta e flagrantemente desconforme com a vigente Constituição Brasileira, frente ao disposto no inc. I do art. 19 da Lei Maior do Brasil. Evidentemente que Nossa Senhora Aparecida pode ser, sem problema algum, a Padroeira dos Católicos Apostólicos Romanos Brasileiros no âmbito da respectiva instituição religiosa, mas não de um Brasil com total liberdade de crença e de religião asseguranda a todos os seus cidadãos. É por isso, igualmente, que a imposição da imagem de N. Sra. Aparecida no Movimento Tradicionalista Gaúcho Brasileiro organizado, nos seus Rodeios Crioulos da Antiga Tradição do Rio Grande, nos festejos Oficiais da Semana Farroupilha no Estado e nos Desfiles comemorativos do Dia 20 de Setembro - o Dia do Gaúcho Brasileiro e a Data Magna do Rio Grande do Sul -, de acordo com o parágrafo único do Art. 6º de sua Constituição Estadual, e a prática das bençãos e das orações à Padroeira dos Ginetes dos Rodeios Country-texa-sertanejos, instituída pelo Mercado Texano do Brasil aos ginetes tradicionalistas gaúchos, está a desrespeitar os postulados básicos da Filosofia do Movimento Tradicionalista Gaúcho Brasileiro organizado, especialmente aquele contido no item X da sua Carta de Princípios, cujo teor manda respeitar e fazer respeitar seus postulados iniciais, que têm como característica essencial a absoluta independência de sectarismos político, religioso e racialO Estado Brasileiro, em que pese a determinação constitucional - até que o Supremo Tribunal Federal se manifeste contrariamente a respeito -, continuará promovendo anualmente no dia 12 de outubro os cultos públicos à Padroeira do Brasil. Ao MTG, por disposição institucional-estatutária, cabe o devido respeito a todos os seus cidadãos filiados e às suas respectivas crenças religiosas. Aos católicos, garantido lhes é - ainda - venerar todos os santos e santas cultuados na Igreja Católica Apostólica Romana, dentre eles a Mãe de Jesus, nas suas diversas denominações, pois: N. Sra. da Imaculada Conceição - Aparecida - é a mesma do Rosário, da Assunção e do Calvário, do Brasil, da Anunciação, da Fé e da Apresentação; do Ó, da Natividade, de Fátima e da Soledade, Medianeira ou da Luz; das Dores, ao pé da cruz: é a Mãe dos Homens escolhida, a ser sempre enaltecida por ser a Mãe de Jesus!

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
NENHUM COMENTÁRIO ATÉ O PRESENTE MOMENTO!
Untitled Document