Usuário:
 
  Senha:
 
 

Mano Lima:
O Vento do Tempo

 

09/02/2012 08:01:32
CONSELHOS À JUVENTUDE DO MTG BRASILEIRO!
 
Quem é Tradicionalista preserva suas Tradições: antigas, campeiras,
regionais, não as importações alienígenas, as grifes urbanas e as criações comerciais!
............................................................................

Chê! Piá! Chê! Guria! Atenção no que lhes digo: corremos grande perigo frente essa desvalia da pura filosofia de um órgão protetor, pelo avassalador grande poder financeiro, num MTG Brasileiro já sem moral e valor! Não te enganes ao ouvir que as festas são gaúchas. Inverdades esdrúxulas irão sempre repetir. Continuarão a mentir para os jovens viventes. Modismos não são pertences dessa antiga Tradição; Festas Gaúchas não são, somente sul-rio-grandenses! Nem Tradicionalistas são esses suingueiros ou aqueles maxixeiros ou os outros nativistas; também não os crioulistas, pois com vermelho, azulão, preto, amarelo, verdão, chapéu claro chaparral, lencito virado e tal, são só regionalistas! Gaúcho não é urbano, mas o campeiro, rural, jamais esse comercial estilo country-texano. Nem é gaúcho o fulano com a calça mercadista; poderá ser um modista a vender sua Tradição, com batuque no Bailão do CTG anarquista! Não esqueças: Tradição não é moda comercial, é Patrimônio Regional antigo e nativo do chão, de geração em geração pelo tempo transmitido; por isso que com vestido de prenda a mulher gaúcha ao coração ela puxa o seu Rio Grande querido! Não sigas pela esteira dessa falsa integração, dessa globalização sem ética, sem fronteira; não creias nessa asneira da flexibilização para atender ao povão, pois Tradicionalismo com voto e mercadismo não é Fazer Tradição! Não confies na vivência daquele que não tem pago, do que não mostra afago pelas coisas da querência; por lhe faltar consciência, valorizar o capital, de calça e cinto normal e de chapéu no salão desrespeita a Tradição, sua Cultura Regional! Lembres: é o uso xucro regionalista campeiro do Pampa Sul-brasileiro que do órgão é o fulcro, não o público, o lucro; nem o voto eleitoreiro ou a busca de dinheiro daqueles que fazem o mal ao Maior Fim Cultural do MTG Brasileiro! Por isso os meus conselhos seguem contra os diversos, contrários, adversos atos falhos e trambelhos, que não podem ser espelhos pra quem tem no coração apego ao Sulino Chão, apreço pelo Rio Grande, a zelar, por onde ande, sua rica Tradição! (Conselhos da Tradição, de José Itajaú Oleques Teixeira)

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
NENHUM COMENTÁRIO ATÉ O PRESENTE MOMENTO!
Untitled Document