Usuário:
 
  Senha:
 
 

Paixão Côrtes:
Minha Querência, de Gilda Souza Soares

 

25/09/2005 16:08:02
UMA LAMENTÁVEL IMPROPRIEDADE TRADICIONAL GAÚCHA DO RS!
 
Prefeito José Fogaça, no Desfile Farroupilha de 2005, em Porto Alegre-RS!
............................................................................

Todo o cidadão tem, por obrigação moral, o dever de preservar o Patrimônio Sociológico-tradicional de sua Terra. Nesse sentido, a previsão legal do uso adequado da Indumentária Regionalista-tradicional dos Gaúchos Sul-brasileiros está regulada na Lei Estadual do Rio Grande do Sul Nº 8.813, de 10.01.89. A citada norma oficializa como Traje de Honra e de uso preferencial no Estado, para ambos os sexos, a Pilcha Gaúcha Sul-rio-grandense. Assim o Deputado Algir Lorenzon, Presidente da Assembleia Legislativa do RS, expressou-se no referido texto legal: "Faço saber, em cumprimento ao disposto no § 5º. do artigo 37, da Constituição do Estado, que a Assembleia Legislativa decretou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei: Art. 1º - É oficializado como traje de honra e de uso preferencial no Rio Grande do Sul, para ambos os sexos, a indumentária denominada “PILCHA GAÚCHA”. Parágrafo único - Será considerada “Pilcha Gaúcha” somente aquela que, com autenticidade, reproduza com elegância a sobriedade da nossa indumentária histórica, conforme os ditames e as diretrizes traçadas pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho. Art. 2º - A “Pilcha Gaúcha” poderá substituir o traje convencional em todos os atos oficiais públicos ou privados realizados no Rio Grande do Sul. Art. 3º - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação. Art. 4º - Revogam-se as disposições em contrário. Assembleia Legislativa do Estado, em Porto Alegre, 10 de janeiro de 1989.  Deputado Algir Lorenzon, Presidente”. Temos afirmado aqui neste espaço cultural tradicionalista gaúcho brasileiro que os indivíduos nascidos no Estado do Rio Grande do Sul são sul-rio-grandenses. Parte destes são gaúchos, por estarem identificados com o espírito dos antepassados campeiros do Pampa Sul-rio-grandense, suas lides rurais, sua filosofia de vida, seus antigos usos e costumes, enfim, com a Cultura Regionalista-tradicional dos Gaúchos Campeiros do Pampa do Rio Grande do Sul. É certo que alguns, no Dia 20 de SetembroDia do Gaúcho, a Data Magna do Estado do RS e das comemorações da Revolução Farroupilha, tentam se transformar, e somente nessa oportunidade, em gaúchos meio pilchados, enquanto outros nem isso conseguem. Um exemplo disso é o que ficou demonstrado na imagem acima postada,  de Ayumi Miyazaki, publicada no sítio do Inema pela Assessoria de Imprensa do Turismo do RS. Mesmo no Dia do Gaúcho e na Data Máxima das Comemorações da Revolução Farroupilha, no feriado estadual de 20 de Setembro, como representante dos gaúchos da Capital do Rio Grande do Sul, o então prefeito da Capital de Todos os Gaúchos Brasileiros, Porto Alegre, José Alberto de Fogaça Medeiros, participou do Desfile Farroupilha sem observar a legislação sul-rio-grandense nem a Pilcha Gaúcha Oficial e de Honra do Estado e do Povo Gaúcho do Rio Grande do Sul. O lenço usado no pescoço só serviu para caracterizar um inadequado uso do Traje de Honra dos Gaúchos Sul-rio-grandenses, que é, como estabelece a referida Lei Estadualde uso preferencial no Rio Grande do Sul, inclusive nos atos oficiais públicos, como é o caso do Desfile de 20 de Setembro, em todo o Estado. Apesar de bom político, Fogaça perdeu a oportunidade de firmar, junto com os demais participantes do mais significativo evento tradicionalista do Rio Grande do Sul, a real Identidade Cultural Regionalista-tradicional dos Gaúchos Sul-rio-grandenses. O uso adequado, correto, da Pilcha Tradicional dos Gaúchos Campeiros do Sul do Brasil, por Fogaça, seria uma bela homenagem aos gaúchos e tradicionalistas gaúchos da cidade Porto dos Casais, no Dia Maior do Gaúcho Brasileiro. Se para um príncipe inglês, usar uma espécie de saia não é, de forma alguma, algo que irá depreciar seu título ou sua pessoa, pelo valor histórico e tradicional que possui aquela antiga e tradicional indumentária, acreditamos que ao chefe do poder executivo municipal de Porto Alegre, e representante do povo gaúcho ali residente, não lhe seria vergonhoso ou depreciativo o uso correto da indumentária típica-tradicional dos gaúchos de sua Terra, principalmente em data tão importante como é o Dia do Gaúcho e a comemoração da deflagração da Revolução Farroupilha no RS! Só nos resta lamentar o ato e continuar lutando por uma mudança de mentalidade em prol de uma consciência mais cidadã, pois a antiga Tradição do Povo Gaúcho Sul-rio-grandense, a Cultura Regionalista-tradicional Gaúcha Sul-brasileira é de todos: do Estado Sulino, dos Sul-rio-grandenses, do Brasil e de todo o Povo Brasileiro. Ser gaúcho é um estado de espírito. Ser sul-rio-grandense é também ser Herdeiro das Antigas Tradições Gaúchas do Rio Grande do Sul. E todo o só sul-rio-grandense poderá, a qualquer tempo, vir a ser um gaúcho verdadeiro: de alma, de coração e com a Pilcha Gaúcha Oficial e de Honra do Rio Grande do Sul. É pela conservação dessa Cultura Regionalista-tradicional Gaúcha Brasileira que o Tradicionalismo deve lutar, uma vez que o seu Fim Cultural Maior é o de preservar a autenticidade das antigas Tradições Regionais Sul-rio-grandenses. Porém, estando essa Herança Cultural Regionalista também configurada na Pilcha Gaúcha de Honra do Rio Grande do Sul, um Patrimônio Sociológico-tradicional do Estado Sulino, dos Sul-rio-grandenses, do Brasil e de todo o Povo Brasileiro, todos têm o dever de preservá-la: sul-rio-grandenses e gaúchos brasileiros; administradores e administrados!

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
29/04/2008 20:29:37 Ivan - Curitiba / PR - Brasil
Impropriedade lamentável! Mas o que esperar desse e de outros “getulistas” fracassados?
Sítio: *****
11/03/2008 09:35:27 Lucas Klein - Ivoti / RS - Brasil
Lamentavel! É realmente lamentável, da parte do prefeito, que, além do cargo traz no lombo a nomenclatura de autor de canções como Vento Negro, cometa uma gafe dessas!
Sítio: http://legadomaragato.blogspot.com/
25/09/2007 07:44:29 Renê De Lima Costa - Alegrete / RS - Brasil
Parabéns pela reportagem! Como sempre, de muito esclarecimento. Creio que o PREFEITO, no estilo apresentado, é de fundamental importância para que eduquemos nossos filhos corretamente, pois temos uma figura notória para demonstrar publicamente de como não podemos e não devemos nos vestir com uma indumentária que é só nossa. E quem é GAÚCHO a preserva com muito respeito. Lamentável a falha da autoridade. Aqui em nosso ALEGRETE, felizmente fatos como esse não acontecem.
Sítio: *****
23/09/2005 17:24:32 Cristiane
Parabéns pelo artigo! Penso da mesma forma, quanto à questão de ser rio-grandense ou gaúcho.
Sítio: http://www.astiranas.flogbrasil.com.br
23/09/2005 09:44:47 Paulo Romeu Braga
É pena que esses senhores representantes do povo, legalmente mas ilegitimamente (porquanto hoje sabe-se das envergonhantes manobras eleitorais), não respeitem um movimento comprovadamente nativo.
Sítio: *****
23/09/2005 09:26:44 josemir dos santos
Aí vai o meu abraço a todos! Se o prefeito não está a altura de seus valores, aqui tem amigos de verdade em q vcs podem confiar; representamos a família e a nação gaúcha, muito bem, aq em nossa cidade, Ponta Grossa-PR. Abraços!
Sítio: *****
Listados 6 Comentários!
Untitled Document