Usuário:
 
  Senha:
 
 

Os Monarcas:
Procedência, de João Pantaleão G. Leite
e Ivan Vargas

 

06/12/2011 12:41:00
NOSSO PATRIMÔNIO VEM DA NOSSA PROCEDÊNCIA!
 
Feliz é o povo que pode manter o que é seu!
............................................................................

A Tradição tem fronteiras na sua origem, sendo antiga não se reporta ao modismo; não se confunde com produtos do mercado mal conveniado desse Tradicionalismo. Quem não respeita o nosso rico patrimônio, construído pelos pampeanos de antanho, corrompe um Bem Público Sul-brasileiro pelo dinheiro de um comércio estranho. Nosso Estado tem passado, tem herança, tem hino e bandeira forjados no seu chão; firme na mão de seu povo vem o destino desse sulino Rio Grande de Tradição! Por isso quem é um Tradicionalista, que não desista de cumprir sua missão. Vamos mostrar ao invasor falsário nosso ideário de honrar a Tradição! Temos orgulho dos feitos de nossa História e da memória do povo antepassado; da formação portuguesa-açoriana, com a indiana e a negra do Estado. Minha Tradição é a do campo, do interior, não se compara a esses costumes urbanos, ela é campeira, é antiga, é regional, tradicional dos gaúchos campechanos. Foi na campanha do Rio Grande do Sul, com a moral, os bons costumes dos pampeiros, que se formou junto à prenda e o peão a Tradição dos Gaúchos Brasileiros. Por isso quem é um Tradicionalista, que não desista de cumprir sua missão. Vamos mostrar ao invasor falsário nosso ideário de honrar a Tradição! (Patrimônio, de José Itajaú Oleques Teixeira)

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
NENHUM COMENTÁRIO ATÉ O PRESENTE MOMENTO!
Untitled Document