Usuário:
 
  Senha:
 
 

Walther Morais:
Dia de Chuva

 

12/04/2012 17:26:49
UM NUBLADO ENTARDECER!
 
Certas decisões de alguns Homens
nublam, corrompem, o Entardecer da Humanidade!
............................................................................

Hoje entardeceu nublado, sem chance de melhorar, condições da natureza que temos de acatar; são os interesses humanos que devemos ponderar. Quem fundou regionalismo, nos cavalos dos patrões, reiterando costumes e forjando tradições, foram os pampeanos simplórios sem posses e sem dobrões. Na vida ocorrem mudanças e nela há dias cinzentos, são interesses mundanos ao sabor dos quatro ventos; é a chuva comercialista a financiar argumentosNa Tradição do Rio Grande a bombacha não é calça, com seus bolsos traseiros e uma cinta na alça; se a calça não é bombacha, a designação lhe é falsa. Às vezes, os interesses provocam tempo fechado; e hoje neste entardecer me parei acabrunhado. A chuva do mercadismo já adoçou o chimarrão, travestiu a mulher gaúcha numa espécie de peão; e transformou em urbanismo o que é próprio do galpão. A quem deve ser imparcial, um isento de verdade, há princípios maiores, valores da Humanidade, a exigirem coerência e responsabilidade. Às vezes, os interesses provocam tempo fechado; e hoje neste entardecer me parei acabrunhado. [Tempo feio é a previsão, amanhã segue armado. O jeito é esperar por um dia ensolarado. E hoje a luz deixou a vida, porque entardeceu nublado. A escuridão subliminar deixa o mundo mais sombrio, pois a falta de luz mata a vida e traz o frio.] Às vezes, os interesses provocam tempo fechado; e hoje neste entardecer me parei acabrunhado. (DIA NUBLADO, de José Itajaú Oleques Teixeira)

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
NENHUM COMENTÁRIO ATÉ O PRESENTE MOMENTO!
Untitled Document