Usuário:
 
  Senha:
 
 

Grupo Pala Velho:
Sou Rio Grande

 

09/05/2013 23:57:13
OS ESTELIONATOS E A CORRUPÇÃO DA NOSSA MAIS PURA TRADIÇÃO!
 
Fazer Tradição é Fazer Culto à Moda Antiga,
é preservar nosso regional Gauchismo,
não a exploração comercial dos urbanos
e importados modismos!
............................................................................

Bueno, disse Libório, não está claro pra mim que a Nova Ordem exista tal qual um graxaim, tal como um camoatim a ferroar o nosso lombo, de tão maula, de tão ruim; é preciso que eu insista: eu não sou um terrorista, mas cristão até o fim. Ah, é! exclamou Nicácio, até parece que não! Quem foi que alterou a música e a pilcha da tradição, a bota, a bombacha e a guaiaca cinturão? Quem impôs o lenço-cueca e o chapéu pelo salão? Não foram os mercenários dos estelionatários dessa globalização? Não sei, disse Libório, eu só sei que a coisa anda, que parado é palanque, mas eu sigo na ciranda; não quero nada antigo, eu gosto da propaganda dessa nossa moda nova e do som que toca a banda. Pra mim isso é tradição e não a tal corrupção que o mercado comanda. Bá, respondeu Nicácio, mas aí tem um porém, aquele que aceita isso, que ao modismo diz amém, que vende seu gauchismo por uma pataca, um vintém, que altera patrimônio, faz um mal e não um bem; ele é mais um falsário, é um estelionatário e um corrupto também. (PELEIA FILOSÓFICA, XL-XLIII, de José Itajaú Oleques Teixeira)

 

 

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
NENHUM COMENTÁRIO ATÉ O PRESENTE MOMENTO!
Untitled Document