Usuário:
 
  Senha:
 
 

Moraezinho:
Sem frescura, de Moraezinho

 

13/07/2014 18:04:04
FORRANDO O PONCHO, COM O CABRESTEIO DOS NÉSCIOS!
 
Não há Tradicionalismo sem nossa Tradição Pura;
só um Movimento Comercial tem importação da frescura!
............................................................................

Ué! Exclamou Libório. Campo da Nossa Senhora, onde pasta a mutreta e a trapaça aflora não se espera por aqui. Capaz de morrer na hora quem viver essa desgraça, o que na derrota chora. E se perder o Brasil por qualquer arreglo vil, digo adeus e vou embora. Boa viagem, seu Libório, pois é desde a largada que te passaram mulita diante dessa arreglada. Quem comprou depois vendeu, e continua comprada a falsa competição que deixa embarrigada a máfia das apostas; e a cambada de bostas: cabresto curto, floreada. Seu Nicácio, diz Libório, me nego a acreditar que políticos mafiosos venham assim fuzarquear com o povo de um país, com cidadãos a cerrar visando uma conquista a jeito de agrandar; que esses são uns patifes, velhacos e alarifes, a todos a engambelar. Calma, chê! Falou Nicácio. Cuidado com o coração. Toda a fanfarronada não passa de ilusão. Lá no Tradicionalismo também tem conspiração; a sociedade secreta fomentando ficção. Dão pancas e o munício, depois vem o estrupício de sua matrix tradição. (PELEIA FILOSÓFICA, CXLVIII- CLI, de José Itajaú Oleques Teixeira)

............................................................................
 
 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
NENHUM COMENTÁRIO ATÉ O PRESENTE MOMENTO!
Untitled Document