Usuário:
 
  Senha:
 
 

Jayme Caetano Braun:
Da Marca Antiga, de Jayme Caetano Braun

 

12/01/2009 19:31:30
TRAJE DE GALA DE PRENDA É VESTIDO!
............................................................................
Sabemos todos que o famigerado mercado tem pressionado o Tradicionalismo Gaúcho Brasileiro organizado a atender aos seus interesses comerciais; é claro que é melhor vender às Prendas Gaúchas chapéus, lenços, cintas (que deveriam ser guaiacas!!!), bombachas e botas do que Vestidos de Prenda, normalmente confecionados a partir de pedidos individuais à costureiras e costureiros desvinculados do referido mercado. Por isso é nosso dever esclarecer aos nossos prezados visitantes, especialmente aos Tradicionalistas Gaúchos, que: 1) a bombacha feminina é própria para as atividades campeiras, não para visitas de Prendas às Escolas, para ser usada nas torcidas de Festivais Tradicionalistas, e outros ambientes em que ela jamais se justificaria, uma vez que a sua natureza é essencialmente masculina; 2) o Vestido de Prenda não deve ser usado apenas nas situações em que se exige um Traje de Gala para a mulher gaúcha tradicionalista, uma vez que ele é a indumentária que representa, na Tradição dos Gaúchos Campeiros do Rio Grande do Sul, a Vestimenta Tradicional da Prenda, pois é o vestido (em alguns casos a saia campeira com blusa, com ou sem casaquinho) o traje mais coerente para a mulher gaúcha tradicionalista, em todas as situações que não tenham relação com as provas ou as cavalgadas campeiras não oficiais. Enfim, qualquer coisa além disso é de ser considerada como uma afronta à Filosofia de Preservação do Tradicionalismo Gaúcho Brasileiro; um atentado contra a Carta de Princípios do próprio MTG, a qual exige o respeito ao Patrimônio Sociológico do Rio Grande do Sul, representado pela Vestimenta Tradicional da Mulher Gaúcha, e o zêlo pela pureza e autenticidade de um costume autêntico, qual seja o de a mulher, na Tradição Gaúcha Sul-rio-grandense, usar traje feminino, não masculino, a não ser para os casos especiais de participação em provas de Rodeios Crioulos ou nas Cavalgadas Campeiras...
............................................................................
Untitled Document