Usuário:
 
  Senha:
 
 

Vilson Schmitt:
Tradicionalismo Moderno

 

05/05/2008 22:40:10
DESCENDÊNCIA GAÚCHA
............................................................................

Quando defendo a Querência,

Não é por mim, mas por Ela.

À minha Pampa amarela,

Verde e vermelha na essência

Presto a minha continência,

Tal soldado farroupilha.

Com a velha força caudilha

E o meu relho na mão,

Na Ronda da Tradição

Sou um Tropeiro de vigília!

 

E se preciso sou duro

Ao defender velho e novo,

E ver a herança do meu povo

Projetada no futuro.

O miscegenado e o puro,

Mesclados num mesmo tento,

Soprados no mesmo vento,

Seguindo uma só direção,

Com amarras na Tradição

E atilhos no pensamento.

 

Pois ao ver os incipientes

A serviço da exploração,

Matando uma Tradição

Com propostas diferentes,

Semeando aqui as sementes

De culturas lá de fora,

Sento as garras e meto a espora

Nas ilheiras desses maulas,

Domando-os com muitas aulas

De Filosofias de outrora.

 

E não é de hoje que o Rio Grande

Sofre ataques na cultura,

Esquecem que a nossa é mais pura,

Que não há quem nela mande;

E nem haverá quem comande

A nossa Gaúcha Querência,

Pois forjamos na vivência

De Centauros das Coxilhas

Raça e Fibra Farroupilhas:

Esta é a nossa descendência!

............................................................................
  Autor: José Itajaú Oleques Teixeira
Poesia enviada Por: José Itajaú Oleques Teixeira - Guará / DF
  Observações:

 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
Untitled Document