Usuário:
 
  Senha:
 
 

Os Filhos do Rio Grande:
Laçador

 

07/09/2008 23:38:45
RIO GRANDE QUERÊNCIA
............................................................................

Um gaúcho brasileiro,

amante da liberdade,

defende a dignidade

do Povo Sul-brasileiro;

preza o que é verdadeiro

mantendo a altiva tenência

de agir com a decência

ao preservar sempre pura

essa nativa cultura

do seu Rio Grande Querência!

 

E ao invasor se apresenta:

“- Sou o brasileiro gaúcho;

não compro e não vendo luxo

nem a estranha vestimenta;

rejeito a moda que inventa

estilos à nossa Nação,

pois no Sulino Rincão

há cultura preservada

e raça conscientizada

zelando sua Tradição!

 

Sou um gaúcho pacato,

minha origem é o campo,

na retina o pirilampo,

na mente a calma do mato;

mas dependendo do fato

me transformo em touro alçado,

e não haverá aramado

que segure este vivente,

pra defender no presente

o seu patrimônio herdado!".

 

No Garrão Sul-brasileiro

há uma cultura local,

raiz forte e regional

a dispensar o estrangeiro,

nela o gaúcho campeiro

tem o seu próprio chapéu,

tapeado na testa, ao léu,

segue honrando a Tradição

e o Tricolor Pavilhão,

a cintilar no azul do céu!

 

O gaúcho rio-grandense,

no pescoço traz História,

o seu lenço é a memória

das lutas de antigamente.

E, ainda hoje, no presente,

este símbolo é aceito;

por revelar o preceito

de doutrinas do passado;

um sul-brasileiro pilchado

traz sua bandeira no peito!

 

Na bombacha bem sulina

a campeira identidade:

destreza e mobilidade

na lida sul-campesina;

e é como é a platina,

larga por definição.

No regional cinturão

o relógio, o coldre, o cobre;

do Rio Grande é o cinto nobre:

Guaiaca da Tradição!

 

O gaúcho brasileiro

pede, portanto, respeito

ao seu tradicional jeito

de preservar Tradição;

na região Sul da Nação

há gauchesca consciência

a requerer mais coerência

regional sul-rio-grandense,

à cultura que pertence

ao nosso Rio Grande Querência!

............................................................................
  Autor: José Itajaú Oleques Teixeira
Poesia enviada Por: José Itajaú Oleques Teixeira - Guará / DF
  Observações:

"Sou a favor da internacionalização da cultura, mas não acabando as peculiaridades locais e nacionais." (Ariano Suassuna)


 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
02/10/2009 07:58:30 Rúbia Luana - Iraí / RS - Brasil
Parabéns pela poesia! Ela é muito linda, e expressa a verdadeira cultura gaúcha! Bjss...
Sítio: *****
09/09/2008 16:13:33 djulia - caraziho / RS - Brasil
Adorei todas as poesias! E quero que vocês me mandem mais, todas as semanas. As mais legais e que falem do Rio Grande do Sul. Obrigada! Djúlia
Sítio: *****
Untitled Document