Usuário:
 
  Senha:
 
 

Os Farrapos:
Passo do Bugio

 

03/12/2008 13:00:58
PRA BAILAR
............................................................................

 
Tempos de agora,
onde o gauchismo aflora,
a gurizada se empolga
em roda do fogo de chão.
 
As gurias já chegaram.
O baile vai começar.
Já tem gaiteiro, violão.
A sala está preparada.
É só começar a bailar.
 
Num sarandeio da prenda,
o peão, bem falante,
me diz que se garante,
dançando ao estilo galante.
 
A chimarrita, seu gaiteiro!
Grita o peão, já com a prenda,
tentando um galanteio,
para mostrar a que veio.
 
A prendinha, toda graciosa,
com seu vestido bonito,
fazendo um reboliço,
para encantar seu piazito.
 
Entre uma marca e outra,
é fácil de ver quem dança;
passo pra lá, passo pra cá,
a poeira vai levantar,
pois vim cá para bailar.
 
É o Pézinho, o Maçanico,
o Tatu, outra vez o Anu.
Tem dança de salão
e até Chimarrita–balão.
 
O dia vai amanhecendo
e é preciso ir embora.
Já dancei até o Balaio,
pra encerrar o meu bailado!
............................................................................
  Autor: Luiz Vinicius Petersen
Poesia enviada Por: Luiz Vinicius Petersen - Guaíba / RS
  Observações:

 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
Untitled Document