Usuário:
 
  Senha:
 
 

Cassiano Mendes:
Alma de Gaúcho

 

03/03/2009 15:08:17
ORGULHO GAÚCHO
............................................................................

VIM AO MUNDO, BEM ASSIM,

ENTRE RIACHO E CAPÃO,

NUM RANCHINHO DE CAPIM

COM PAREDES DE TORRÃO.

FUI CRESCENDO ENTUSIASMADO,

COM GADARIA DE OSSADA;

NUM PORRETE, ENFORQUILHADO,

EU BRINCAVA DE TROPEADA.

 

SEMPRE GRITAVA: ÊRA BOI,

DESPREOCUPADO DA VIDA.

E O TEMPO BOM QUE SE FOI

SERVIU DE ENSAIO PRA LIDA.

 

JUNTAVA PEDRAS NA SANGA,

PRA CONSTRUIR A MANGUEIRA,

ONDE PRENDI BOIS DE CANGA

E ALGUMA VACA LEITEIRA.

FAZIA UM POÇO NO CHÃO,

CHEIO D’ÁGUA: ERA O BANHEIRO;

TINHA BRETE E MANGUEIRÃO,

BEM NA ENTRADA DO POTREIRO.

 

SEMPRE GRITAVA: ÊRA BOI...

 

VINHA NO PEITO, GRITANDO,

UM CORAÇÃO CABORTEIRO,

QUE BATIA ME EMPURRANDO

RUMO AO SERVIÇO CAMPEIRO.

HOJE SIGO A TRAJETÓRIA

DA VIDA SIMPLES, SEM LUXO.

QUANTOS TÊM A MESMA HISTÓRIA

E O ORGULHO DE SER GAÚCHO!

 

SEMPRE GRITAVA: ÊRA: BOI...

............................................................................
  Autor: Vanoci Marques
Poesia enviada Por: José Vanoci Alvarez Marques - Camaquã / RS
  Observações: Aos Grupos Musicais e artistas gaúchos interessados em gravar esta composição poética, o autor solicita que lhe enviem um chasque para o correio eletrônico vanocimarques2009@hotmail.com

 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
17/10/2012 22:32:43 moises alexandre gomes - estancia velha / RS - Brasil
Gostei muito do poema. Tenho 14 anos e sou gaúcho de coração, com muito orgulho. Mas q bahhhhhhhhhhh!
Sítio: *****
29/08/2012 19:05:16 fiama silva - sjn / RS - Brasil
Adorei! D+, mesmo! Eu e meu priminho de coração Magno.
Sítio: *****
Untitled Document