Usuário:
 
  Senha:
 
 

Os Farrapos:
Passo do Bugio

 

05/03/2009 09:41:56
FANDANGO DA FRONTEIRA
............................................................................

TÔ CHEGANDO, GAUCHADA;

ABRE ESSA GAITA, GAITEIRO.

HOJE O BAILE É NO TERREIRO,

COM GUITARRA E VIOLÃO...

PRA MARCAR ESTA VANEIRA

SEGURO A PRENDA NO MEIO;

E SE O TEMPO FICAR FEIO,

É SÓ MUDAR PRO GALPÃO.

 

AQUI O CHÃO VAI TREMER;

AGORA É QUE EU QUERO VER

SE ESTE CONJUNTO É DOS BONS...

MANTENDO A TURMA ANIMADA,

DESPACHANDO A MADRUGADA

SEM NUNCA SAIR DO TOM.

 

SEXTA-FEIRA É UM PEGA-FOGO

NOS FANDANGOS DA FRONTEIRA,

TEM A PRENDA DANÇADEIRA

EMBALANDO A RAPAZIADA...

O PEÃO VAI SE SOLTANDO,

ENTRE A LOIRA E A MORENA.

A NOITE É COISA PEQUENA;

MAL COMEÇA É MADRUGADA.

 

AQUI O CHÃO VAI TREMER...

 

NO TRANCO LONGO DA NOITE

A TURMA VAI SE ENTREGANDO,

COM TANTAS HORAS RODANDO

JÁ NÃO TEM FORÇA NO PÉ...

É QUANDO GRITA O GAITEIRO:

QUEM QUISER MAIS ENERGIA,

NA COPA DA TIA MARIA

TEM SALGADINHO E CAFÉ!

 

AQUI O CHÃO VAI TREMER...

............................................................................
  Autor: Vanoci Marques
Poesia enviada Por: José Vanoci Alvarez Marques (Vanoci Marques) - Camaquã / DF
  Observações: Aos Grupos Musicais e artistas gaúchos interessados em gravar esta composição poética, o autor solicita que lhe enviem um chasque para o correio eletrônico vanocimarques2009@hotmail.com

 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
Untitled Document