Usuário:
 
  Senha:
 
 

Leonardo:
Valsa da Prenda Jovem, de Leonardo

 

22/04/2009 00:57:26
CANTO PAMPEANO
............................................................................

 

 

MESMO QUE ESTEJAS FERIDO,

GAÚCHO, SAI DA TRINCHEIRA,

CARREGA FIRME A BANDEIRA,

IGUAL O SOLDADO FAZ;

ENFRENTA O MUNDO NA RAÇA,

COM GARRA DE LUTADOR;

ENCHE TEU PEITO DE AMOR

E SOLTA UM GRITO DE PAZ!

 

A PAZ QUE O SUL TRANSMITE

FLUI PURA E DE CORAÇÃO,

COM CHEIRO DA TRADIÇÃO

DE UMA CASTA GALPONEIRA.

O RIO GRANDE DISTRIBUI,

NAS VIBRAÇÕES DO MINUANO,

SINAIS DO CANTO PAMPEANO,

QUE ULTRAPASSAM FRONTEIRAS!

 

SALTA PRA CIMA DO PINGO,

DÁ RÉDEAS À MADRUGADA,

SAI PRA CUMPRIR A JORNADA,

QUE TEU DESTINO ASSIM QUIS;

EM PELO NA LIBERDADE

E SEM PATRÃO QUE TE MANDE,

REPONTA A PAZ DO RIO GRANDE

PRO RESTO DESTE PAÍS!

 

A PAZ QUE O SUL TRANSMITE

FLUI PURA E DE CORAÇÃO,

COM CHEIRO DA TRADIÇÃO

DE UMA CASTA GALPONEIRA.

O RIO GRANDE DISTRIBUI,

NAS VIBRAÇÕES DO MINUANO,

SINAIS DO CANTO PAMPEANO

QUE ULTRAPASSAM FRONTEIRAS!

............................................................................
  Autor: Vanoci Marques
Poesia enviada Por: José Vanoci Alvarez Marques - Camaquã / RS
  Observações: Aos Grupos Musicais e artistas gaúchos interessados em gravar esta composição poética, o autor solicita que lhe enviem um chasque para o correio eletrônico vanocimarques2009@hotmail.com

 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
Untitled Document