Usuário:
 
  Senha:
 
 

Walther Morais:
Pra ser feliz no Sul

 

14/12/2009 23:14:26
VAREIO
............................................................................

 

 

No achego do rancho
a tarde se espalha, sem pressa, 
no entrevero do quarto vazio.
O gosto amargo do mate
se mistura com o que ficou de ti;
ilusão que se fez saudade,
vareio que se faz alarde.
 
São lembranças e coisas de guri,
de um tempo em que teu amor se dizia eterno;
mas, no desencanto de dias distantes,
teus pensamentos já não buscam por mim.
        
E o minuano, que me fere como relho,
faz mais longa a tarde, 
e me prende em seu arreio.
Sou apenas um pouco do nada,
sou um louco neste devaneio...
que te espera - e te chama em canções,
na longa espera de um amor que se perdeu,
nos lamentos de mil orações...
............................................................................
  Autor: Andrea Rodrigues
Poesia enviada Por: Andrea Rodrigues - São Paulo / SP
  Observações:

 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
Untitled Document