Usuário:
 
  Senha:
 
 

Grupo Caverá:
O Doce Amargo do Amor, de Leonardo

 

25/01/2011 14:47:35
CONFISSÃO EM FORMA DE VERSOS
............................................................................

 

 

Tentei escrever um verso,
pra sentir tua presença;
descobri que a poesia
é doce amor do universo.

Tentei declamar um verso,
pra esquecer que estou sozinha;
e na clara luz do dia
não estás ao meu lado.

Carreteando pelos pampas
tentei te esquecer, guri do Interior,
mas em cada estrada tua imagem refletia;
e meu coração a doer.

Tentei escrever para outro;
e  logo vi que meu verso está inspirado
em escrever só pra ti!

............................................................................
  Autor: Carla Pinto Ricardo Palezzi
Poesia enviada Por: Carla Pinto Ricardo Palezzi - Santa Maria / RS
  Observações:

Uma das primeiras poesias da autora, dedicada a Enio: amor de sempre! 


 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
Untitled Document