Usuário:
 
  Senha:
 
 

Os Farrapos:
Passo do Bugio

 

21/02/2011 20:27:15
AMOR-DISTÂNCIA
............................................................................

 

 

Tua boca é uma vertente,
que brilha em meus lábios,
uma vertente proibida e quente,
que me faz tremer;
quando envolve-me com teu jeito,
meu corpo todo estremece
na moldura do teu beijo.

O fogo arde em meu corpo,
na madrugada gelada.
Sem sono, vou cortando
coxilhas e canhadas,
peleando saudades,
campo a fora,
desejando criar asas
na vontade de tê-lo a meu lado;
porque é só na lembrança
e no sonho que te encontro.

Sofro, porque te amo.
A todo instante te chamo:
- os pelegos estão a nos esperar!
Sem encontrá-lo, em meus dias,
é a distância que vem a nos separar...

............................................................................
  Autor: Carla Pinto R. Palezzi
Poesia enviada Por: Carla Palezzi - Santa Maria / RS
  Observações:

 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
Untitled Document