Usuário:
 
  Senha:
 
 

Miguel Marques:
Alma de Campeiro

 

08/09/2011 17:48:34
ROMANCE DE SOL E LUA
............................................................................

 

Fonte: saudecomvidas.blogspot.com

Te campeei, fazendo a volta
por detrás do pé de angico,
e me acomodei, solíto,
admirando a tua beleza.
Noite adentro, vela acesa
conduzindo os passadores:
crianças, velhos e campeadores
se guiando à tua luz.

Neste vagar, contemplando,
gasto o tempo filosofando
esta atração irracional;
triste sina de um indio bagual
enrrabichado por uma prenda,
encravada, como uma lenda,
na sua estampa de peão.

Recostado no angico,
não sente frio nem calor.
O tempo vai abrandar a dor,
no peito deste campeiro;
que já viveu muitos janeiros,
mas não aprendeu a amansar os sonhos.

Vagueio livre como o vento,
que sopra guasqueando a mata,
admirando a lua de prata
no alto de seu entono,
sismando um dia ser dono
dos olhares da morena.

Sismando passa o tempo.
E nesta sisma perco a hora,
me esqueço de ir embora;
e se achega a madrugada.
Quem passa uma noite agitada
perde o rumo dos pensamentos
e se esparrama aos quatro ventos,
numa lamúria abarbarada.

Olhando pra ti, lua guria,
achei o cabresto da alma,
enquanto este fogo se acalma
vejo o sol na minha retina;
e tu, lua menina,
vais sumindo, de mansito,
enquanto o sol brilha solito
nesta manhã de primavera.

Comecei, então, a entender
este compasso astral,
que, talvez, seja um sinal
do meu Deus lá das alturas;
mesmo encurtando as lonjuras
somos de mundos diferentes,
fluindo em duas vertentes
que jamais se encontrarão.

Num upa salto ao lombilho
do baio que me amadrinhou,
e enforquilhado me vou
apreciando as flores da estação,
colorindo o meu rincão
à luz de um sol de novembro.
Sinceramente, não lembro
de outra manhãzita igual.

Embaixo deste sol bonito
e acomodado nos arreios,
entendi que somos meios
procurando outra metade;
e a lua, por vaidade,
se escondeu quando te viu.
Vais brilhar dias inteiros,
em tantos verões de janeiro,
mas dela só verás o vulto;
e terás que manter oculto,
o teu amor a vida inteira.

Ao passo lerdo tranquiado
todo dia tu despontas,
tentando acertar as contas
com o descompasso do tempo.
Mas tu, sol que ilumina,
seguirás a tua sina,
viverás, eternamente, solito.

Então, sigo num grito
em direção ao rancheriu.
Pois, a lua o sol não viu
e nunca verá, jamais;
parceiro, somos iguais
nesta louca idolatria.
Eu, amando esta guria.
E tu, pela lua apaixonado.
Vamos morrer separados
destas prendas arredias,
que nos roubaram as alegrias
e manearam nossos desejos
de, por um minuto, laçar seus beijos
na invernada grande da vida!

............................................................................
  Autor: Evandro Carlos dos Santos
Poesia enviada Por: Evandro Carlos dos Santos - Não-me-toque / RS
  Observações:

 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
16/09/2011 20:06:38 Cleudes Dal-Molin Schenatto - Não-Me-Toque / RS - Brasil
PARABÉNS, COLEGA E AMIGO!!! LINDA POESIA!!! UM GRANDE ABRAÇO!!!
Sítio: *****
12/09/2011 21:29:03 Nilton Kurtz - Não me Toque / RS - Brasil
Mas que tal, tché! Até poeta o cara é! Abraço.
Sítio: *****
12/09/2011 19:29:26 Tiago Zwirtes - Não-Me-Toque / RS - Brasil
Mas, bah! Tri legal! Parabéns, por cultivar as tradições gaúchas!
Sítio: *****
12/09/2011 18:47:06 josé simões - nao-me-toque / RS - Brasil
Muito bom, Evandro. É assim que se faz poesia campeira, nos moldes deste rincão. Abraço.
Sítio: *****
12/09/2011 12:03:21 Hélvio Peixoto da Silva - Porto Alegre / RS - Brasil
Meus parabéns pela inspiração. Ótima poesia.
Sítio: http://*****
11/09/2011 15:58:58 jerre Antônio Bello de Carvalho - Nao-Me-Toque / RS - Brasil
Parabéns, taura véio! Poesia loca de especial!
Sítio: *****
10/09/2011 19:30:51 CLAUDIOMIRO DOS SANTOS - NÃO-ME-TOQUE / RS - Brasil
Bela inspiração! Parabéns!
Sítio: *****
10/09/2011 18:58:55 Rosane - Não-Me-Toque / RS - Brasil
Parabéns, Evandro, muito linda.
Sítio: *****
10/09/2011 09:50:39 Preta - Porto Alegre / RS - Brasil
Muito linda a poesia!!! Parabéns, Evandro!... Espero poder ler outras poesias suas!
Sítio: *****
10/09/2011 08:44:28 julio - campos borges / RS - Brasil
Loco de especial esta poesia do nosso amigo Evandro.
Sítio: *****
09/09/2011 20:15:54 Luciana - Não-Me-Toque / RS - Brasil
Linda esta poesia, Evandro.
Sítio: *****
09/09/2011 17:15:09 Glenio Santana - Charqueadas / RS - Brasil
Muito boa esta poesia do amigo Evandro. Site nota 10!!
Sítio: *****
Untitled Document