Usuário:
 
  Senha:
 
 

Jayme Caetano Braun:
Sangue Farrapo

 

15/10/2012 20:17:46
A VIDA É UMA TRANÇA DE COURO CRU
............................................................................

 

 

A vida é uma trança de couro cru,
que o destino tende a trançar.
É o campo, o tempo e as almas,
o próprio espelho do meu olhar.
É a rima do campo e do ser,
que se retratam nos olhos
e nos sonhos de um bem-querer.

Trança de couro cru, chamado vida,
que se espelha num olhar tapera;
que trança, além dos sentimentos,
quantos medos e quantas esperas!
Quantas saudades vividas,
quantos tentos e tentos dessa trança,
nessa longa estrada, já foram perdidas?

A vida é uma trança de couro cru,
que os ventos tendem a pontear;
vão além das distâncias do campo,
que nossas vistas podem alcançar.
A vida é assim, de estradas e corredor;
é as chamas do mais puro amor!

............................................................................
  Autor: Márcia Suanez
Poesia enviada Por: Márcia Suanez - Lavras do Sul / RS
  Observações:

 
Nome:
Cidade:
Estado:
País:
E-mail:
(O E-mail não é Publicado no Comentário)
Sítio:
Comentário:
   
 
27/06/2014 13:19:29 rita - são leopoldo / RS - Brasil
Adorei! Muito linda!!!
Sítio: *****
Untitled Document